Henrique, do Cruzeiro, apresenta evolução e deve receber alta nesta segunda

O jogador se recupera de acidente na última sexta-feira quando seu carro despencou de um penhasco

por Agência Estado

Belo Horizonte, MG, 28 (AFI) - O Cruzeiro informou neste domingo que o volante Henrique apresentou evolução em seu quadro clínico após o acidente de carro sofrido na última sexta-feira. Com isso, o jogador deve receber alta do hospital Mater Dei, em Belo Horizonte, nesta segunda-feira.

De acordo com o superintendente médico do Cruzeiro, Daniel Baumfeld, que esteve com o Henrique neste domingo, o jogador está em constante processo de melhora e deve receber alta nesta segunda para que continue sua recuperação em sua casa. O meio-campista está acompanhado dos familiares no hospital e só permanece no local por precaução.

"O atleta está evoluindo super bem. Está com a família no hospital, já muito mais tranquilo em relação ao susto que a gente teve com o acidente. Está internado somente por precaução. Graças a Deus não teve nenhuma lesão neurológica, abdominal, toráxica e nenhuma fratura, apenas alguns cortes", destacou Baumfeld.

"A programação é que ele tenha alta amanhã, e a gente já vai fazer todo o esforço possível para que ele volte o quanto antes a fazer parte do Cruzeiro", completou o médico do Cruzeiro.

Segundo o médico, ainda não há uma previsão de quando Henrique estará apto para realizar as atividades com o elenco do Cruzeiro. A expectativa é de que o processo de recuperação do volante seja feito na Toca da Raposa, CT do clube.

"A programação é de recuperação dentro da Toca da Raposa II, e ele ficando com a família dele, sob os cuidados familiares e dos médicos do clube, para que a gente possa o quanto antes voltar a contar com ele", disse Baumfeld.

Na última sexta-feira, o carro que Henrique dirigia, uma Land Rover, despencou de uma altura de 200 metros no Mirante do Jabotá, em Brumadinho, na estrada que leva para o distrito de Casa Branca. As primeiras informações indicaram que o meio-campista estava consciente no momento em que foi atendido por membros do Samu e do Corpo de Bombeiros.

Henrique, de 35 anos, retornou ao Cruzeiro na última quarta-feira, após rápida passagem pelo Fluminense, pelo qual disputou apenas sete jogos. Ele possui contrato com o clube até o fim de 2021, sendo o oitavo atleta que mais vezes vestiu a camisa do time, com 516 jogos disputados.