Bombeiro fica surpreso com acidente de volante do Cruzeiro não terminar em tragédia

"A possibilidade de sair vivo e com poucas lesões é realmente algo inesperado", disse o capitão dos Bombeiros, Tiago Costa

por Agência Futebol Interior

Belo Horizonte, MG, 29 (AFI) - O fato de Henrique, volante do Cruzeiro, ter escapado com vida do acidente sofrido na última sexta-feira surpreendeu o capitão do Corpo de Bombeiros, Tiago Costa.

O carro de Henrique caiu no Mirante do Jatobá, no Parque Estadual do Rola Moça, em Brumadinho, e foi encontrado a cerca de 200 metros. O automóvel ficou completamente destruído.

Penhasco que caiu o carro do volante Henrique
Penhasco que caiu o carro do volante Henrique
"Foi uma operação de nível alto de dificuldade, sem dúvida. Chama atenção (Henrique ter saído com poucos ferimentos), porque a possibilidade de sair vivo e com poucas lesões de um acidente deste é realmente algo inesperado, é pequena", disse Tiago Costa ao Superesportes.

Henrique não teve lesões mais graves e informações iniciais indicaram que estava consciente no momento em que foi atendido por membros do Samu e do Corpo de Bombeiros.

O volante do Cruzeiro, porém, ficou em observação no Hospital Mater Dei, em Belo Horizonte, até a manhã desta segunda-feira, quando recebeu alta para continuar o tratamento em casa.