Após ser resgatado de rapel em acidente, meia do Cruzeiro passará dia no hospital

Henrique não teves graves ferimentos, mas ficará em observação neste sábado

por Agência Estado

Belo Horizonte, MG, 27 - O Cruzeiro comunicou na manhã deste sábado que o volante Henrique, de 35 anos, passou por exames e os resultados não apresentaram qualquer tipo de lesão ortopédica ou neurológica. O jogador sofreu um acidente de carro da noite desta sexta-feira, em Brumadinho, na região metropolitana de Belo Horizonte.

De acordo com o Cruzeiro, Henrique está consciente e passa bem. O jogador tem apenas ferimentos leves, sem lesões. Mesmo assim, por precaução, continuará em observação no hospital Mater Dei, no período de 24 a 48 horas, acompanhado por médicos do hospital e do clube.

A QUEDA
O carro que Henrique dirigia, uma Land Rover, caiu em um penhasco na estrada que leva para o distrito de Casa Branca. As primeiras informações indicaram que o meio-campista estava consciente no momento em que foi atendido por membros do Samu e do Corpo de Bombeiros.

Bombeiros usaram técnica de rapel para salvar Henrique
Bombeiros usaram técnica de rapel para salvar Henrique
Henrique se queixou de dores após o acidente, mas sem suspeita de fratura, como confirmaram os exames realizados neste sábado. Ele estava sozinho no veículo e o acidente ocorreu por volta das 18 horas de sexta-feira.

Henrique, de 35 anos, fez o seu retorno ao Cruzeiro na última quarta-feira, após rápida passagem pelo Fluminense, com sete jogos disputados. Ele possui contrato com o clube até o fim de 2021, sendo o oitavo atleta que mais vezes vestiu a camisa do time, com 516 jogos disputados.

Confira a nota oficial do Cruzeiro:

O Cruzeiro Esporte Clube informa que os resultados dos exames realizados pelo atleta Henrique não apresentaram qualquer tipo de lesão ortopédica ou neurológica. Ele está consciente e passa bem.

Por precaução, o jogador seguirá internado em observação no Mater Dei, no período de 24 a 48 horas, acompanhado por médicos do Clube e profissionais do hospital.