Por dívida, FIFA tira seis pontos de clube na Série B do Brasileiro

O Cruzeiro já saiu atrás da Segunda Divisão nacional por dívida com o Al-Wahda

por Agência Futebol Interior

Belo Horizonte, MG, 19 (AFI) - A má fase do Cruzeiro parece não ter fim. Na noite desta terça-feira, a FIFA comunicou a CBF de que a equipe mineira começará a Série B do Campeonato Brasileiro com menos seis pontos em relação aos seus rivais. Sendo assim, a Raposa começará o torneio, no qual jogará pela primeira vez, na lanterna.

Agora, o clube tem cinco meses para pagar dívida, podendo ser excluído da competição e rebaixado à Série C em caso de nova inadimplência. A informação foi divulgada pela Rádio Itatiaia e confirmada pelo Portal Futebol Interior. No próximo dia 29 o clube precisa pagar 11 milhões ao Zorya da Ucrânia. Caso não pague, perderá mais 6 pontos.

Curiosamente o Cruzeiro havia informado que teria adiado o pagamento de uma dívida, equivalente a R$ 4,5 milhões, com o Al-Wahda, dos Emirados Árabes Unidos, pelo volante Denilson. O acordo com o ex-clube do atleta seria um adiamento de dois meses, o que acabou não sendo levado em consideração pela entidade máxima do futebol brasileiro.

Cruzeiro foi punido com a perda de seis pontos na Série B
Cruzeiro foi punido com a perda de seis pontos na Série B

A punição imposta pela FIFA não cabe recurso, ou seja, o Cruzeiro está com mãos atadas e terá que iniciar o torneio com prejuízo em relação a seus rivais. O clube mineiro tem como principal objetivo do ano conquistar o acesso à elite do futebol nacional.

CRISE
O clube vem enfrentando uma grave crise financeira, reformulou todo seu elenco e estava oscilando no Campeonato Mineiro. Nos últimos dias, acabou sendo divulgando um balanço financeiro com muitas coisas irregulares realizadas pela última gestão.