Para fugir do coronavirus, atacante faz 'Contrato da China' com Cruzeiro

Artilheiro é ídolo cruzeirense e abriu mão de contrato milionário na China para ajudar clube voltar à elite no Brasil

por Agência Futebol Interior

Belo Horizonte, MG, 16 (AFI) - Um dia após a grande festa da torcida do Atlético-MG para recepcionar o veterano Diego Tardelli, de 34 anos, a direção do Cruzeiro confirmou no início da noite o acerto com o atacante Marcelo Moreno, de 32 anos. Ele chega em Belo Horizonte (MG), terça-feira, às 11h30 no Aeroporto da Pampulha, e vai assinar contrato de três anos, portanto, até o final de 2022.

O boliviano é o segundo maior artilheiro estrangeiro da história do clube: fez 45 gols em 93 jogos. Em 2018 ele acabou superado pelo uruguaio Arrascaeta, agora no Flamengo, que marcou 50 gols em 188 jogos com a camisa cruzeirense.
Moreno é segundo maior goleador estrangeiro da Raposa
Moreno é segundo maior goleador estrangeiro da Raposa

CONFIRMAÇÃO NAS REDES
O anúncio oficial aconteceu nas redes sociais do clube com os seguintes dizeres: “O flecheiro voltou”. Isso aconteceu, agora à noite, durante o jogo em que o Cruzeiro disputava em Patrocínio, contra a Patrocinense, pelo Campeonato Mineiro.

Para vestir a camisa do Cruzeiro pela terceira vez, Moreno abriu mão de um contrato milionário com o Shijiazhuang Ever Bright: R$ 43 milhões em dois anos, ou seja, um valor de R$ 1,7 milhão por mês. O principal motivo da volta do artilheiro ao Brasil seria a epidemia do coronavírus, que já matou quase dois mil e atingiu quase 50 mil chineses.

BASES BEM BAIXAS
O difícil é acreditar as bases financeiras acertadas por ele com o time mineiro. No primeiro ano, o salário vai ser de R$ 200 mil, com metade sendo bancada pelo patrocinador do clube, o Supermercado BH.

Moreno estava na China desde 2015
Moreno estava na China desde 2015
No segundo ano, prevendo a volta do Cruzeiro à Série A do Brasileiro, o salário vai ser dobrado para R$ 400 mil e com o valor pago pelo próprio clube.

Além disso, o atacante vai ter direito a premiações especiais por metas atingidas pelo time.

GOLS POR TRES CHINESES
O Shijiazhuang foi vice-campeão ano passado na segunda Divisão da China e vai disputar a elite em 2020.

Mas a competição teve seu início atrasado em um mês por causa da contaminação do coronavírus. Começaria dia 28 de fevereiro.

Por este clube, Moreno marcou oito gols em 13 jogos. Antes ele tinha anotado 22 gols em 50 jogos pelo Changchun Yatai e 25 gols em 34 jogos pelo Wuhan Zall. Desde 2015 Moreno estava jogando na China.