Mineiro: Dupla "dá perdido" e não comparece a treino do Cruzeiro

Diretoria da Raposa entrou em contato com André Cury, empresário dos dois jogadores, mas ele deu de ombros

por Agência Futebol Interior

Belo Horizonte, MG, 09 (AFI) - Virou moda, neste início de tempo, jogador não aparecer em treino. Se o Santos sofreu com Marinho e Carlos Sánchez na reapresentação da última quarta-feira, o Cruzeiro ficou sem entender as ausências do volante Éderson e do atacante David no treino desta quinta na Toca da Raposa.

A diretoria da Raposa entrou em contato com André Cury, empresário dos dois jogadores, mas ele deu de ombros. Disse que não cuidava desta parte e não sabia o que teria acontecido. O clube mineiro ainda tentou contato com um funcionário de Cury, mas sem sucesso, assim como os telefones dos dois fujões.

Cruzeiro? Que Cruzeiro? (Foto: Bruno Haddad / Cruzeiro)
Cruzeiro? Que Cruzeiro? (Foto: Bruno Haddad / Cruzeiro)
A ausência da dupla pode ser fruto da falta de pagamentos. Sem dinheiro, o Cruzeiro atrasou os salários dos jogadores no ano passado, quando o clube foi rebaixado pela primeira vez na história no Campeonato Brasileiro da Série A. A diretoria da Raposa ainda prometeu acertar tudo neste início de ano, mas não cumpriu.

O problema financeiro e o fato de ter que disputar a Série B fizeram o Cruzeiro limpar o elenco. A Raposa se livrou de jogadores com altos salários. Henrique e Egídio, por exemplo, foram para o Fluminense. O Athletico-PR pegou emprestado Marquinhos Gabriel. Já o zagueiro Fabrício Bruno poderá vestir a camisa do RB Bragantino. Por fim, o meia Thiago Neves entrou na Justiça contra o clube e não seguirá em BH.