Cruzeiro confirma Alexandre Mattos e anuncia novo diretor geral

André Argolo será o novo diretor executivo do clube, por decisão do Núcleo Dirigente Transitório

por Agência Estado

Belo Horizonte, MG, 06 (AFI) - Um dia após anunciar a saída de Vittorio Medioli do cargo de CEO, o Cruzeiro confirmou nesta segunda-feira que André Argolo será o novo diretor executivo do clube, por decisão do Núcleo Dirigente Transitório, grupo formado para gerir o Cruzeiro no fim do ano após renúncia coletiva da diretoria anterior.

Argolo assumirá o comando do clube, estando à frente do Núcleo Dirigente Transitório. Ele vai substituir Medioli, que deixou a função no domingo alegando que a legislação não permite a sua permanência no cargo. Medioli é prefeito de Betim, cidade da região metropolitana de Belo Horizonte.

"O Cruzeiro aproveita ainda para agradecer o Sr. Vittorio Medioli pela sua colaboração como CEO do Núcleo Transitório Dirigente, no curto tempo de sua existência, e, continua contando com sua participação mesmo que não seja de forma diária como era de costume", registrou o clube, em comunicado.

Economista por formação, Argolo já ocupou diversos cargos no governo federal. Ele foi secretário nacional do futebol e defesa dos direitos do torcedor na gestão do então presidente Michel Temer (MDB) e foi vice-presidente da Autoridade Pública de Governança do Futebol (AP-FUT), órgão vinculado ao Ministério do Esporte.

Cruzeiro tem novidade. (Foto: Ministério do Esporte)
Cruzeiro tem novidade. (Foto: Ministério do Esporte)
DE VOLTA!
Ao mesmo tempo, o Cruzeiro confirmou o retorno de Alexandre Mattos, dispensado pelo Palmeiras na reta final do Brasileirão do ano passado. Novamente, ele ocupará o cargo de diretor de futebol. De acordo com o clube, a função será exercida de forma gratuita.

"Neste período de crise no clube a diretoria optou por um profissional com larga experiência no mercado e conhecedor profundo do Cruzeiro. Mattos relembrou a gratidão que tem pelo clube que proporcionou sua projeção nacional", anunciou o clube, no comunicado.

Em sua passagem anterior pelo clube mineiro, entre 2012 e 2014, esteve à frente da diretoria de futebol na conquista do Campeonato Mineiro de 2014 e dos Campeonatos Brasileiros de 2013 e 2014.