Cruzeiro afasta meia cotado no Corinthians após festa: "Não veste mais nossa camisa"

A diretoria tomou a decisão após o meia ter ido a uma festa no Mineirão no último domingo

por Agência Estado

Belo Horizonte, MG, 02 - O presidente do Conselho Deliberativo do Cruzeiro e gestor do futebol do clube, Zezé Perrella, anunciou nesta segunda-feira o afastamento de Thiago Neves.

Espaço incorporado por HTML (embed)

A diretoria tomou a decisão após o meia ter ido a uma festa no Mineirão no último domingo. Um foto do jogador no evento circulou nas redes sociais.

Thiago Neves está em tratamento de um edema no músculo posterior da coxa esquerda e já não seria aproveitado na partida contra o Vasco, na noite desta segunda-feira, em São Januário.

O Cruzeiro luta para sair da zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro. A equipe está em 17º lugar na tabela de classificação, com 36 pontos.

Thiago Neves não veste mais a camisa do Cruzeiro - Bruno Haddad / Cruzeiro
Thiago Neves não veste mais a camisa do Cruzeiro

"Amigos, eu estou aqui na concentração do Cruzeiro, preocupado obviamente como todos vocês com o jogo de hoje (segunda-feira). E para minha surpresa, logo que acordo de manhã, eu vejo nosso atleta, Thiago Neves, curtindo festa no Mineirão. Um jogador que está em recuperação que poderia até ser aproveitado no próximo jogo. Diferentemente do Léo, que está com a clavícula quebrada, acompanhou a delegação, torcendo para nosso time, nesse momento difícil", anunciou Zezé.

"Ele (Thiago Neves), ao contrário, preferiu fazer festa, comemorando o quê? Eu quero comunicar que a partir de agora, o Thiago não faz parte dos planos dessa diretoria. Nós temos um contrato com ele, contrato tem que ser cumprido, mas a partir de agora, ele treina à parte.

E vão torcer para que ele consiga arrumar um clube porque vestir a camisa do Cruzeiro enquanto eu aqui estiver ele não veste mais. Um abraço a todos e vamos torcer para sairmos dessa situação", completou.

DE HERÓI A VILÃO

Thiago Neves vem sendo um dos símbolos da fase complicada do Cruzeiro. Na semana passada, ele desperdiçou cobrança de pênalti na derrota para o CSA, no Mineirão.

Depois, ainda teve um áudio vazado no qual pedia para a diretoria quitar os salários dos jogadores antes do duelo contra os alagoanos.

Outro episódio recente que chegou a irritar torcedores foi Thiago Neves reforçar que tem o desejo de atuar pelo Corinthians. O meia de 34 anos tem contrato com o Cruzeiro até o final de 2020.