Copa do Brasil: Fábio destaca a força do Inter, mas confia na classificação do Cruzeiro

Derrotado por 1 a 0 no duelo de ida, o time mineiro precisa pelo menos de uma vitória simples para levar a decisão para os pênaltis

por Agência Estado

Belo Horizonte, MG, 03 - Um dos líderes do time do Cruzeiro, o goleiro Fábio afirmou que a equipe vai ter de estar preparada para enfrentar grandes desafios diante do Internacional, nesta quarta-feira, às 21h30, no Beira-Rio, no jogo de volta das semifinais da Copa do Brasil.

Derrotado por 1 a 0 no duelo de ida, o time mineiro precisa pelo menos de uma vitória simples para levar a decisão da vaga na final para os pênaltis.

"É um jogo em que se podem acontecer todos os tipos de situações. São duas equipes acostumadas a decidirem competições, a chegarem em momentos decisivos, com jogadores experientes, e jovens querendo mostrar seu potencial.

Tem tudo para ser uma grande partida. Esperamos que o Cruzeiro possa estar preparado para encarar todas as adversidades que são as de enfrentar o Internacional em seu estádio", disse o experiente goleiro, de 38 anos e 841 jogos pela equipe celeste, em entrevista coletiva nesta terça-feira em Porto Alegre.

GOLEIRO ELOGIA ADVERSÁRIO

Fábio elogia o adversário, mas não perde a confiança na possibilidade de levar a classificação para Belo Horizonte.

"É sempre difícil enfrentar uma equipe qualificada, que foi campeã de todas as competições possíveis, aliada à força do seu torcedor no estádio.

Com respeito, empenho que temos que colocar em prática dentro do jogo, se formos merecedores, temos chance de fazer um bom jogo e nos aproximarmos dessa esperança de reverter a vantagem do Inter", ressaltou.

PSICOLÓGICO FORTALECIDO

Após três jogos sob o comando de Rogério Ceni, com duas vitórias e um empate, Fábio destaca o trabalho psicológico feito pelo treinador no sentido de mostrar para o elenco o valor de uma vitória diante de um rival tão tradicional como o Inter.

"A chegada do Rogério foi importante, algo novo na implementação do trabalho. Foram poucos dias, três semanas, e primeiramente ele frisou mais o Brasileiro, onde a gente precisava das vitórias para melhorar na tabela o mais rápido possível. Conseguimos em poucas semanas bons resultados, uma evolução nítida em todos os aspectos dentro de campo. Agora ele frisou que temos a oportunidade nesse jogo de volta de conseguir fazer história e novamente ir para uma final, que seria o terceiro ano consecutivo (do clube mineiro na decisão)", revelou Fábio, que está no Cruzeiro desde 2005.

Além da terceira final seguida, o Cruzeiro busca o sétimo título da competição nacional, pois foi campeão em 1993, 1996, 2000, 2003, 2017, 2018.

TREINO SEM DEDÉ

O time cruzeirense realizou na tarde desta terça-feira, no CT do Grêmio, o seu último preparação para o jogo decisivo.

E a atividade comandada por Ceni não contou com a presença de Dedé.

A assessoria do clube informou que ele ficou no hotel onde a equipe está concentrada na capital gaúcha realizando trabalhos com o fisioterapeuta Charles Costa.

O fato de não ter treinado, porém, não significa que Dedé não poderá escalado como titular nesta quarta.

SUBSTITUTO DE DEDÉ

Caso não possa atuar, ele deverá ser substituído por Fabrício Bruno. E uma novidade na formação cruzeirense contra o Inter deverá ser o também zagueiro Léo, que ficou fora dos três últimos confrontos por causa de problemas físicos. Nesta terça, ele treinou normalmente e mostrou que está pronto para voltar.

Já o lateral-direito Orejuela, que vinha sendo escalado como titular por Ceni, vai desfalcar o Cruzeiro por estar com a seleção colombiana convocada para os amistosos contra Venezuela e Brasil. Edilson entrará em seu lugar.

PROVÁVEL TIME

Assim, um time provável do Cruzeiro para a partida é o seguinte: Fábio; Edilson, Dedé (Fabrício Bruno), Léo e Dodô; Henrique e Robinho; Marquinhos Gabriel, Thiago Neves e David; Pedro Rocha.