Ônibus do Cruzeiro sofre ataque após jogo com o Atlético-MG no Independência

Pedaços de pau, pedras e garrafas foram atiradas em direção ao veículo, mas ninguém ficou ferido

por Agência Estado

Belo Horizonte, MG, 18 - Os jogadores do Cruzeiro tiveram pouco tempo para comemorar a classificação para a semifinal da Copa do Brasil diante do Atlético-MG, na noite desta quarta-feira, em Belo Horizonte.

Logo após o jogo, no Independência, o ônibus do clube foi atingido por vândalos que atiraram pedaços de pau, pedras e garrafas. Nenhum integrante da delegação sofreu ferimentos.

"O Cruzeiro Esporte Clube lamenta e repudia qualquer ato de vandalismo desta natureza e enfatiza que a classificação foi decidida dentro das quatro linhas, prevalecendo sempre o respeito entre os adversários, independente do resultado ao final do jogo", escreveu o Cruzeiro em suas redes sociais.

Ônibus do Cruzeiro foi atacado por vândalos após o jogo na Arena Independência
Ônibus do Cruzeiro foi atacado por vândalos após o jogo na Arena Independência

FALA, MANO MENEZES
Antes do incidente, em entrevista coletiva, o técnico Mano Menezes exaltou a experiência da equipe, que continua na briga pelo tricampeonato consecutivo da competição.

"Penso que o Cruzeiro, mais uma vez, fez valer a experiência de vivenciar isso com mais frequência.

Nós ganhamos a nossa classificação quinta-feira passada, quando talvez todos esperássemos que nós não tivéssemos uma resposta daquelas para dar".

NEM TANTO...
Apesar da vantagem inicial, o treinador afirmou que não considerou seu time tão favorito à conquista da vaga.

"Aquilo que te dá um favoritismo, de 90 a 10, como eu ouvi hoje à tarde, para o Cruzeiro, pelo 3 a 0, você vê que na prática não tem tanto valor assim.

Aconteceram lances que nós poderíamos perder por 3 a 0, quem sabe, e no mínimo ir para as penalidades máximas. Nossa experiência de classificar assim, de entender que você passa sufoco mesmo, fez com que a gente tenha levado essa classificação."