Vice do Cruzeiro detona empresário de Arrascaeta e provoca Fla: "Só no cheirinho"

Além das críticas, Itair Machado revelou que deseja continuar com o meia uruguaio, que tem contrato até o fim de 2021

por Agência Futebol Interior

Belo Horizonte, MG, 07 (AFI) - O caso Arrascaeta teve mais um capítulo nesta segunda-feira. Em entrevista ao programa Seleção, do SporTV, o vice-presidente de futebol do Cruzeiro, Itair Machado, não poupou críticas ao empresário Daniel Fonseca, afirmou que o Flamengo "só está no 'cheirinho' e que a Raposa deseja continuar com o meia uruguaio, que tem contrato até o fim de 2021..

AUMENTO DE SALÁRIO

O dirigente relembrou uma reunião em que Arrascaeta participou. Segundo Itair, a ideia era mostrar que não havia diferença em trocar o Cruzeiro pelo Flamengo. Um aumento de salários já estava programado.

"Sou amigo pessoal do Arrascaeta e ajudei ele aqui no Cruzeiro. Ele ganhava R$ 100 mil quando eu assumi. Renovamos o contrato e ele passou a ganhar R$ 500 mil. Na reunião que ele participou eu disse para ele: 'Arrascaeta, Flamengo e Cruzeiro não tem diferença. Inclusive, dentro de campo, o Cruzeiro tá muito na frente porque há muitos anos está ganhando títulos. Esta proposta está baixa e é melhor você esperar uma oferta do exterior. Eu vou aumentar seu salário'. Ai o procurador puxou o Arrascaeta e foi embora, falando que ia resolver na Justiça", contou Itair.

ITAIR CHAMA EMPRESÁRIO DE BANDIDO

Itair Machado não poupou críticas ao empresário Daniel Fonseca e classificou-o como "bandido". Afirmou ainda que não há clima de hostilidade com o Arrascaeta, que segundo ele, é vítima do empresário.

“A índole desse procurador não é boa. Ele mora em um rancho no Uruguai e se ele não pagar 2 milhões de dólares em 20 dias, vai ser despejado. Então ele está fazendo de tudo (para vender o jogador) porque vive só nas custas do Arrascaeta. Trata-se de um roubo de um patrimônio do Cruzeiro, que é o Arrascaeta. Quando ele saiu, deixou claro: 'Você está me impedindo de ganhar 7 milhões de euros'", continuou Itair.

“Não tem clima de hostilidade. Todo mundo aqui na Toca adora o Arrascaeta e sabem que ele está sendo vítima deste elemento. O cara realmente é um bandido”, disse.

ARRASCAETA PERDE R$ 17 MIL POR DIA

Itair Machado ainda lembrou que o jogador está perdendo dinheiro com a não reapresentação ao clube. Apesar disso, enfatizou que não se trata de multa e, sim, de desconto por falta. A multa foi aplicada apenas no primeiro dia.

“O Cruzeiro não deve R$ 1 para o Arrascaeta. O procurador não olha o lado do jogador, tanto que o atleta está perdendo R$ 17 mil por dia. E não é multa não. Ele é um trabalhador e se não vem, ele não recebe”, esclareceu.

Vice do Cruzeiro, Itair Machado, revelou que deseja continuar com o meia Arrascaeta, que tem contrato até o fim de 2021
Vice do Cruzeiro, Itair Machado, revelou que deseja continuar com o meia Arrascaeta, que tem contrato até o fim de 2021

NÃO É A PRIMEIRA VEZ

O dirigente da Raposa relembrou que não é a primeira vez que o Flamengo procura o empresário de um atleta antes do próprio clube. No caso de Dedé, porém, o agente do zagueiro redirecionou a conversa para o Cruzeiro.

“Um clube da grandeza do Flamengo não precisava fazer isso. No caso do Dedé, o Flamengo também procurou o empresário do atleta. Mas o empresário agiu com ética e falou que era só com o Cruzeiro. Aí dissemos que não iríamos negociar”, contou.

PROPOSTA NA MÃO DO EMPRESÁRIO

Segundo Itair Machado, o Cruzeiro não recebeu nenhuma proposta oficial e o único documento está nas mãos do empresário de Arrascaeta. Ainda afirmou que um valor considerado bom seria de 14 milhões de euro por 50% dos direitos econômicos. No final, ainda cutucou o Flamengo, dizendo que o time carioca está sempre no "cheirinho" (expressão que se popularizou por conta de o clube sempre ficar perto dos títulos, mas não conquistá-los.

“Não houve proposta. A proposta está com o procurador e o Flamengo me confirmou isso. O Marcos Braz (vice-presidente de futebol do Flamengo) disse para mim que tem uma carta com o procurador para adquirir 75% dos direitos por 15 milhões de euros", revelou.

"FLAMENGO SÓ NO CHEIRINHO"

“Não podemos liberar o jogador por qualquer valor só para agradar o Flamengo, que só está no “cheirinho” e não conseguiu contratar ninguém, mesmo com R$ 100 milhões", finalizou.

 
 
" />