Libertadores: Fábio vê Cruzeiro 'calejado' após título da Copa do Brasil de 2017

"Além disso, temos jogadores dentro de campo que já viveram muitas situações, experientes em várias competições", disse o goleiro

por Agência Estado

Belo Horizonte, MG, 10 - O título da Copa do Brasil em 2017 assegurou ao Cruzeiro a vaga na Copa Libertadores deste ano e também lhe deu a experiência necessária para encarar confrontos complicados. Essa foi a avaliação do goleiro Fábio para explicar a atuação segura que o time teve na última quarta-feira, quando superou o Flamengo por 2 a 0 no Maracanã, no jogo de ida das oitavas de final, encaminhando a sua classificação à fase seguinte.

"Temos uma equipe calejada pela competição que tivemos na Copa do Brasil do ano passado, não era a Libertadores, mas foram grandes confrontos que tivemos para se sagrar campeão. Então isso calejou muito cedo os mais jovens, e dentro disso tudo, o Mano frisa sempre a tranquilidade", disse, também apontando a experiência de vários nomes do elenco como fator positivo para o Cruzeiro na disputa de confrontos mata-mata.

 Foto: Bruno Haddad/Cruzeiro
Foto: Bruno Haddad/Cruzeiro
"Além disso, temos jogadores dentro de campo que já viveram muitas situações, experientes em várias competições, cientes que com a qualidade que a gente tem, se a gente tiver empenho, dedicação e concentração, teremos grandes chances de sair com o resultado positivo em todas as disputas", acrescentou.

 Foto: Bruno Haddad/Cruzeiro
Foto: Bruno Haddad/Cruzeiro
Coincidentemente, o Cruzeiro voltará a enfrentar o Flamengo no domingo, novamente no Maracanã, mas agora pela 17ª rodada do Campeonato Brasileiro.

E dessa vez o técnico Mano Menezes vai escalar um time formado basicamente por reservas, pois na quarta-feira o time terá outro confronto mata-mata, recebendo o Santos, no Mineirão, no jogo de volta das quartas de final da Copa do Brasil. A opção de dar descanso aos titulares foi defendida pelo experiente arqueiro.

"No Campeonato Brasileiro você tem a chance de se recuperar ao longo das rodadas, já o mata-mata tem que se ter o máximo de equilíbrio, independente de se jogar a primeira dentro ou fora de casa, o equilíbrio será importante para fazer dois bons jogos e buscar a classificação", concluiu o goleiro cruzeirense.

 
 
" />