Tinga sofre fratura em treino do Cruzeiro e será operado

Meia precisou ser retirado do treinamento de ambulância

por Agência Estado

Belo Horizonte, MG, 22 (AFI) - O volante Tinga fraturou a sua perna direita durante um treino realizado na tarde desta sexta-feira, na Toca da Raposa II, onde os jogadores que não atuaram na vitória sobre o Grêmio, por 1 a 0, na noite de quinta, no Mineirão, realizaram uma atividade no gramado já voltada para o confronto deste domingo, diante do Goiás, no Serra Dourada, pela 17ª rodada do Campeonato Brasileiro.

O jogador se machucou de forma mais grave em um lance comum de treino com o goleiro Rafael. Logo após se dar mal na dividida, o atleta chegou a gritar que quebrou a perna. Atendido prontamente no campo, ele foi encaminhado em seguida de ambulância para o Hospital Lifecenter, em Belo Horizonte, onde exames de imagem constataram que o jogador fraturou a tíbia e a fíbula da perna direita.

Agora sem previsão de retorno aos gramados, Tinga será operado neste sábado e já pode-se dizer que dificilmente irá atuar novamente em uma partida nesta temporada, pois esse tipo de fratura requer um tempo longo de recuperação.

Antes de saber da real gravidade da lesão, o técnico Marcelo Oliveira lamentou o ocorrido. "Tínhamos uma tarde muito agradável, com alegria por uma vitória contra o Grêmio. O treinamento corria normalmente, sem nenhuma jogada mais dura. Mas, numa dividida simples, com o goleiro visando a bola, o Tinga acabou aparentemente tendo uma fratura. O Tinga é muito querido por todos e uma de nossas lideranças", ressaltou o comandante em entrevista coletiva.

Abalado pelo ocorrido, o goleiro Rafael chegou a chorar ao acompanhar o drama de Tinga, enquanto o atacante Marquinhos, que viu o lance de perto, lamentou a infelicidade amargada pelo volante. "Foi um lance normal com o Rafael, ninguém esperava por isso, parece que fi comigo, estou muito triste", ressaltou.

 
 
" />