Catarinense: Gum desiste de acerto com Criciúma; presidente é suspenso por desacato

O experiente zagueiro recebeu uma proposta mais vantajosa do CRB e não irá atuar no clube catarinense

por Agência Futebol Interior

Criciúma, SC, 12 (AFI) - A quarta-feira (12) começou movimentada pelos lados do Criciúma. Isso porque, o experiente zagueiro Gum, que havia sido anunciado como reforço no último sábado (08), recebeu uma proposta mais vantajosa de outra equipe e desistiu de atuar no clube catarinense. A tendência é que ele acerte a sua ida para o CRB em breve.

O zagueiro inclusive realizou alguns exames médicos para assinar contrato, mas conversou com o técnico Roberto Cavalo antes do treino desta terça-feira (11) e como o Criciúma entendeu que o atleta não estava inteiramente focado na equipe, preferiu libera-lo e depois divulgou uma nota oficial.

Gum desiste de acerto com Criciúma; presidente é suspenso pelo TJD-SC por desacato (Foto: Celso da Luz/www.criciuma.com.br)
Gum desiste de acerto com Criciúma; presidente é suspenso pelo TJD-SC por desacato (Foto: Celso da Luz/www.criciuma.com.br)
"O Criciúma Esporte Clube comunica que desfez o acerto com o zagueiro Gum, que foi anunciado como reforço no sábado (08/02). O jogador chegou à cidade nesta terça-feira (11/02), realizou alguns exames médicos, mas revelou que recebeu uma proposta de outro clube e mostrou-se não estar focado em defender o Criciúma. Por conta disso o jogador foi liberado. O Criciúma quer contar apenas com jogadores que estejam com o pensamento 100% comprometido em defender as cores do clube".

PRESIDENTE LEVA GANCHO
Além disso, o Tribunal de Justiça Desportiva de Santa Catarina – TJD-SC – teve uma noite de muito trabalho nesta terça-feira (11). Após de julgar toda a briga envolvendo o clássico entre Avaí e Figueirense, a entidade também suspendeu o presidente do Criciúma Jaime Dal Ferra por 90 dias por conta de ofensas contra à Federação Catarinense de Futebol (FCF) graças a um pênalti não marcado contra o Juventus, pela segunda rodada do Campeonato Catarinense.

Na ocasião, o mandatário do Criciúma, falou entre outras coisas: 'É um absurdo o que essa federação de m... faz'. Além da suspensão, Jaime Dal Ferra terá que pagar uma multa de R$ 5 mil. Caso não cumpra o que foi julgado, ele pode sofrer sanções mais severas que estão previstas no Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD).