​Torcida de time ameaçado na Série B protesta contra presidente

O Criciúma aparece na vice-lanterna, com 23 pontos, o mesmo do São Bento e do Figueirense e um a menos do que o Vila Nova

por Agência Futebol Interior

Criciúma, SC, 21 (AFI) - A derrota para o Atlético-GO, por 1 a 0, no Heriberto Hülse, na noite da última sexta-feira, foi a gota d'água para os torcedores do Criciúma. Neste sábado, houve protesto contra o presidente Jaime Dal Farra.

Três faixas foram estendidas no estádio e o principal alvo foi o mandatário: "O pior presidente da história", "4 anos de vergonha/farra" e "Fora gulosinho. O Criciúma é nosso!!! Amaradores!!! Ass: torcida".

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução
Jaime Dal Farra assumiu a presidência do Criciúma em dezembro de 2015 e no ano passado acabou sendo reeleito para o triênio 2019/2021. No período, o clube não conquistou o Estadual e frequentou a área intermediária da tabela da Série B.

No momento, o Tigre Carvoeiro, que acumula dois empates e duas derrotas nas últimas quatro partidas, aparece na vice-lanterna, com 23 pontos, o mesmo do São Bento e do Figueirense e um a menos do que o Vila Nova, demais integrantes da zona de rebaixamento. Vitória, com 24, é o primeiro fora do Z4. O próximo jogo tricolor é contra o Guarani, terça-feira, às 19h15, no Brinco de Ouro, em Campinas.