Série B: Pressionado, Wesley acredita em recuperação do Criciúma

Trabalhando durante a parada para a Copa América, o clube se prepara para enfrentar o Coritiba na próxima terça-feira

por Agência Futebol Interior

Criciúma, SC, 03 (AFI) - Contratado em março para ser uma das referências do elenco, Wesley não quer jogar a toalha. Mesmo com a campanha irregular do primeiro semestre, o volante acredita que o Criciúma tem elenco para brigar pelo acesso na Série B do Campeonato Brasileiro. Trabalhando durante a parada para a Copa América, o clube se prepara para enfrentar o Coritiba na próxima terça-feira, às 21h30, no estádio Heriberto Hulse, em Criciúma.

“O caminho é árduo, mas a possibilidade é real. Eu já passei por situações como a de hoje. Tem equipe que vai oscilar. E temos que aproveitar isso, sempre fazendo a nossa parte. A Série B muda rápido, mas basta a gente traçar o nosso caminho”. Com nove pontos, o Criciúma aparece na 14ª posição, com duas vitórias, três empates e três derrotas em oito jogos.

Pressionado, Wesley acredita em recuperação do Criciúma na Série B
Pressionado, Wesley acredita em recuperação do Criciúma na Série B
Com 32 anos, Wesley é uma das principais referências dentro do Criciúma e sofre a pressão do torcedor, descontente com o atual momento do clube. Mas o volante prefere dividir a responsabilidade com todos os jogadores do elenco.

“Isso é natural pelo que a gente já fez. A cobrança existe para todos. Sou grato e estou feliz. Tenho tesão por vir trabalhar e me sinto bem jogando aqui na nossa casa. A responsabilidade é grande pelo que já fiz na carreira, e gosto disso. Mas a cobrança é para todos. A gente coloca no grupo que se ganhar será bom para todos, mas se não ganhar será ruim para todos. Temos que nos cobrar para sempre estar no caminho certo”