Série B: Criciúma muda discurso e já fala em escapar do rebaixamento

A equipe não pensa mais no acesso e precisa, primeiro, se afastar das últimas colocações

por Agência Futebol Interior

Criciúma, SC, 06 (AFI) – O Criciúma faz um início ruim na Série B do Campeonato Brasileiro e está brigando para escapar das últimas colocações. Até mesmo os jogadores do elenco já mudaram o discurso em relação ao início da competição, que era de acesso à Série A, e começam a falar em escapar da degola.

O lateral Marlon, um dos líderes do grupo, afirmou que acredita na recuperação da equipe, mas que o momento é de encarar a realidade da briga na parte de baixo da tabela.

“Queria estar brigando lá em cima, pela qualidade que temos, mas nosso pensamento agora tem que ser de sair dessa área de desconforto. Temos que nos cobrar bastante, pois pela equipe que temos, temos que brigar lá em cima”, analisou.

Marlon ainda acredita que uma arrancada nas duas partidas antes da pausa para a Copa América pode recolocar o Criciúma na briga pelo acesso. O time catarinense enfrenta Vila Nova e Brasil de Pelotas, dois concorrentes diretos na parte de baixo da tabela.

“Sabemos que são dois times ali embaixo. Vamos brigar com eles para sair dessa zona. Criciúma tem que brigar pelo acesso. Ainda tá tudo embolado, se conseguir essas duas vitórias já vai lá para cima. Estamos focados nisso”, concluiu.

Com cinco pontos em seis jogos, o Criciúma ocupa a 18ª colocação, acima apenas de Vitória, com quatro pontos, e América-MG, com dois. O primeiro time fora da zona do rebaixamento é justamente o Vila Nova, adversário do próximo sábado, com seis pontos.