Artilheiro deixa Criciúma e fica próximo de clube do Paulistão

O jogador deixa o Criciúma como o terceiro maior artilheiro na história do clube e superou ex- jogador Jorge Veras

por Agência Futebol Interior

Criciúma, SC, 06 (AFI) - O atacante Zé Carlos se despediu do Criciúma após sua quarta passagem pelo clube e está próximo de ser anunciado por clube que vai disputar o Paulistão. Esta deve ser sua quarta passagem por clube paulista, já que atuou na Ponte Preta em 2005, no Paulista em 2009 e na Portuguesa em 2009 e 2011.

O jogador deixa o Criciúma como o terceiro maior artilheiro na história do clube e superou ex- jogador Jorge Veras, que havia marcado 64 gols. Zé Carlos chegou a marca de 68 gols em 108 jogos em suas quatros passagens e é o segundo maior artilheiro da Série B do Brasileiro com 27 gols.

“Agradeço primeiramente a Deus por ter concluído mais um ciclo em minha vida. Agradeço ao Criciúma por essa oportunidade de trabalhar e lutar pelo melhor para esse clube que amo e marcou minha vida”, disse o atacante.

Em sua volta ao Criciúma, Zé Carlos não jogou todas as partidas da Série B do Brasileiro por lesão e por suspensão, mas foi o segundo artilheiro da equipe com sete gols e foi fundamental na briga contra o rebaixamento.

“A cobrança é normal, principalmente em cima da minha pessoa, mas sei do carinho que eles têm por mim e em momento algum eu fugi da minha responsabilidade. Quero deixar o meu agradecimento aos torcedores do Criciúma e desejar muitas conquistas no futuro”, disse Zé Carlos.

HISTÓRIA
O atacante Zé Carlos é o segundo artilheiro com o maior número de gols na Série B. Em 2012, ele anotou 27 tentos pelo Criciúma e só fica atrás de Bruno Rangel que, em 2013, anotou 31 pela Chapecoense. No Tigre, ele anotou 41 gols em 45 jogos. Média de quase um gol por partida em 2012, além do acesso a elite do brasileiro e suas quatros passagens foram 108 jogo e marca de 68 gols.

Sem falar que no CRB o atacante se tornou o maior artilheiro na história do clube em Série B do Brasileiro de 2015 ao fazer 19 gols. Naquela oportunidade, ele conquistou pela segunda vez a artilharia da competição, além de ter faturado o título alagoano.

O atacante passou por grandes clubes no futebol brasileiro e exterior. Formado na base do Corinthians Alagoano, Zé Carlos logo despertou interesse de clubes portugueses e foi jogar no poderoso Porto. Lá, o atleta foi campeão do Português 2002/03, da Taça de Portugal 2002/03, da Supertaça de Portugal 2003, da Liga Europa da UEFA 2002/03 e da Copa BES de 2002/03.

ARTILHARIA
Ainda fora do Brasil, ele jogou no Ulsan Hyndai e Jeonbuk Hyndai Motors, da Coreia do Sul, e, em ambos, foi campeão da Liga dos Campeões AFC. De volta ao país, Zé Carlos foi campeão mineiro pelo Cruzeiro e Alagoano pelo CRB. Além dos títulos, Zé Carlos foi artilheiro nos clubes que jogou. No Paulista de Jundiaí, em 2009, foi artilheiro da equipe no Paulistão e quinto na competição com dez gols.

Na Portuguesa Desportos, ele disputou o Brasileiro da Série B de 2009 e marcou oito gols. Zé do Gol voltaria para o clube da capital em 2010 e deixou sua marca mais cinco vezes. Ele ainda passou por Ponte Preta, FC Vizela, de Portugal, Gamba Osaka, do Japão, Changchuan Ytai, da China, Sharj, Emirados Árabes Unidos, Ajaman Club, Emirados Árabes Unidos, e Fortaleza-CE, onde realizou dez jogos e balançou as redes seis vezes.

 
 
" />