Após atacante, Criciúma dispensa lateral da Ponte e mais dois

O clube catarinense já havia acertado as saídas de vários outros jogadores e dirigentes

por Agência Futebol Interior

Criciúma, SC, 25 (AFI) – O Criciúma se despede do Campeonato Brasileiro da Série B, neste sábado, contra o São Caetano, no ABC paulista, em ritmo de férias. No final da tarde desta quinta-feira, o Tigre anunciou as liberações do goleiro Vágner, do lateral-esquerdo Pirão e do volante Baraka. Poucas horas antes, o atacante Schwenck já havia deixado o clube.

As dispensas fazem parte do processo de reformulação pelo qual o clube está passando nos últimos dias. Após a eliminação na Série B, o clube havia liberado o zagueiro Toninho, o lateral Massari, o volante Carlinhos Santos, os meias Aloísio, Fernando Gabriel e os atacantes Éder, Nílson e Adeílson.

No entanto, não é apenas o elenco que sofreu baixas. O presidente Antenor Angeloni também anunciou mudanças na diretoria. Nos últimos dias, o cartola confirmou as saídas do diretor de futebol Homero Santarelli e do gerente de futebol José Reis.

Diante de tantas mudanças, o técnico Márcio Goiano novamente vai apostar em um time recheado de jogadores pouco aproveitados durante a temporada. Até porque outros titulares que seguem no elenco estão lesionados. São os casos do do goleiro Andrey, lateral-esquerdo João Vitor e dos atacantes Thiago Silvy e Zé Carlos.

O Criciúma deve entrar em campo com a seguinte formação: Bruno; Fabinho Capixaba, Rogélio, Jackson Souza e Ramon Zanardi; Jackson, Henik, Kachuba e Bryan Adns; Guilherme e Marcel.

Com 51 pontos, na décima colocação, o Tigre não possui mais chances de acesso ou rebaixamento.

 
 
" />