Paranaense: Jorginho pede alto e Coritiba já busca outro técnico para 2020

Principal alvo do Coxa é Eduardo Barroca, outro técnico que disputou e conquistou acesso na Série B de 2019

por Agência Futebol Interior

Curitiba, PR, 11 (AFI) - Parece que o amor entre Jorginho e Coritiba não era tão grande assim, como demonstrado após o acesso na Série B do Campeonato Brasileiro. O treinador pediu um valor para a renovação, o clube achou muito alto e já começou a procura por um novo comandante.

O jovem Eduardo Barroca passou a ser o favorito após o acerto de Odair Hellmann com o Fluminense. Barroca também disputou a Série B e obteve o acesso com o Atlético-GO, mas deixou o clube goiano após o objetivo alcançado e está no mercado. Enderson Moreira corre por fora.

As negociações entre Coritiba e Jorginho começaram logo após os festejos do acesso à Série A. As duas partes fizeram juras de amor. Técnico e clube se reuniram em diversas oportunidades, mas como de costume em negociações, o lado financeiro pesou.

Pedida alta demais? (Foto: Coritiba / Divulgação)
Pedida alta demais? (Foto: Coritiba / Divulgação)
DOIS LADOS!
"Relato ao torcedor que temos encontrado alguma dificuldade em chegar em valores comuns entre o que o Coritiba pode arcar e a pedida do treinador e sua comissão técnica. Foi muito mais alta, sequer valores próximos", disse o presidente Samir Namur à Rádio Banda B.

"Eu quero renovar. Respeito demais o presidente, o clube, criamos um ambiente muito bom com funcionários e jogadores. Penso em permanecer, quero ficar, já disse isso, me senti em casa no Coritiba e acredito que podemos brigar no ano que vem por coisas maiores, mas também desejo sim uma valorização. Só nego veementemente que os valores sejam tão diferentes assim", rebateu Jorginho em entrevista ao blog da jornalista Nadja Mauad, do Globoesporte.com.

Jorginho conquistou nove vitórias e cinco empates, além de ter sofrido uma derrota na campanha do acesso.