Técnico do Coxa liga o secador "Somos Brasil-RS e Guarani desde criança"

Coritiba receberá o campeão Bragantino e poderá garantir o acesso na Série B neste domingo

por Agência Futebol Interior

Curitiba, PR, 21 (AFI) - O técnico Jorginho Campos não se fez de rogado nesta reta final de Série B do Campeonato Brasileiro. Ele sabe que o Coritiba precisa fazer sua parte para conquistar o acesso, mas ainda assim revelou seu lado secador. O comandante irá torcer para outros clubes para facilitar a vaga do Coxa.

"Um resultado negativo deles (Atlético-GO e América-MG), um empate ou uma derrota, vai facilitar o nosso trabalho. (...) A gente está torcendo, com certeza. Somos Brasil-RS e Guarani desde criança", disse Jorginho ao Globo Esporte.

Modo secador ligado. (Foto: Coritiba / Divulgação)
Modo secador ligado. (Foto: Coritiba / Divulgação)

COXA NA BRIGA
O Coritiba ocupa a 4ª colocação com 60 pontos, um ponto atrás do Atlético-GO que empatou por 2 a 2 com o Brasil, em Pelotas. O Coxa ainda vai jogar. Mas leva vantagem no número de triunfos (16 a 15).

O América-MG, enquanto isso, é o 5º colocado com 58 pontos. Só estes três clubes ainda brigam pelas duas vagas restantes do acesso.

No domingo, às 16 horas, o Coritiba receberá o campeão Bragantino no Estádio Couto Pereira, na capital paranaense, pela 37ª e penúltima rodada da Série B. Uma vitória dos paranaenses ante o líder poderá garantir o acesso desde que os goianos tropecem ante o Brasil e os mineiros façam o mesmo contra o Guarani.