Série B: Perto de virar treinador, ídolo faz estágio no Coritiba; zagueiro sofre lesão

No sistema defensivo, uma modificação já está confirmada: a entrada de Rafael Lima no lugar de Walisson Maia, que sofreu uma entorse

por Agência Futebol Interior

Curitiba, PR, 07 (AFI) - Os trabalhos da equipe sub-17 no Centro de Treinamento da Graciosa tiveram um convidado especial: o estudante Alexsandro de Souza, ou melhor, o craque Alex. Ídolo coxa-branca, o meia que encerrou a carreira de futebol com a camisa do Coritiba, agora busca aperfeiçoar o conhecimento fora das quatro linhas. Em reta final de um curso de preparação para treinador de licença B da CBF, ele agora dá seus primeiros passos em outra função no futebol na casa alviverde.

Dentro dos conteúdos e trabalhos do curso de Licença B da CBF, um dos módulos envolvem a Análise de Observação de Treinamentos, que compreende observação in locode 40 horas de treinamentos. Alex é colega de turma neste curso do técnico da categoria Sub-17 do Coxa, César Bueno. Outros profissionais do clube estão na mesma turma: Ricardo Quandt (Técnico do Coxa Sub-20), João Nogueira (Téccnico do Coxa Sub-15), Alan Ribeiro (Técnico do Coxa Sub-11) e Jacskon Schwengber (auxilia de preparação física da equipe principal).

“Quando resolvi encerrar a carreira, eu tinha ideias bem definidas. E estou seguindo. Era descansar com a família, eliminar meus pensamentos de jogador de futebol, ver futebol com olhos de cima. Descansei, fiz cursos de gestão e ainda ganhei um bônus que foi o convite para ir trabalhar na TV. Aprendi a ver também o olhar de parte da imprensa esportiva. Aí, decidi que serei treinador de futebol e resolvi fazer o caminho que acredito ser o natural. Estudar, buscar as licenças que são necessárias", disse Alex, que completou.

Alex está se preparando para virar treinador
Alex está se preparando para virar treinador

'Fiz o curso da CBF e ali existem algumas exigências e uma delas é AOT. Fiz o curso com o professor César Bueno e outros profissionais do clube. Aí, aproveitei para dar sequência com eles. O que para mim é um prazer. Cheguei no pré-mirim no clube quando jogava. E, como treinador, quero um mesmo caminho. De ir aprendendo dia a dia e quem sabe um dia ser treinador de futebol profissional. É o primeiro passo. Agradeço ao Coritiba, presidente, diretoria e a esses profissionais do departamento de base a estarem me oferecendo essa oportunidade de vivenciar e aprender com eles”, finalizou

TREINO!
No gramado do Estádio Couto Pereira, o elenco do Coritiba realizou uma atividade importante, na manhã desta quarta-feira, dando sequência a toda preparação da equipe alviverde visando o compromisso da 15ª rodada do Campeonato Brasileiro. O Coxa pega o Figueirense, no Alto da Glória, sábado, a partir das 16h30.

Mantendo a ideia da programação da semana, a comissão técnica alviverde aproveitou o treinamento no Couto Pereira para fazer um trabalho tático de posicionamento com os atletas.

A comissão técnica alviverde já sabe que não poderá contar com o atacante Robson, suspenso pelo terceiro cartão amarelo. Rafinha fez atividades específicas de transição e depende de evolução individual para saber se terá ou não condição de enfrentar o Figueirense.

No sistema defensivo, uma modificação já está confirmada: a entrada de Rafael Lima no lugar de Walisson Maia, que sofreu uma entorse de joelho e faz atividades de recuperação.

O elenco alviverde retorna aos treinamentos no período da manhã desta quinta-feira, no Centro de Treinamento Bayard Osna, e encerra os trabalhos em campo na sexta-feira, no Couto Pereira.