Presidente de time da Série B diz que vitória livrou técnico de ser demitido

Samir Namur disse que uma derrota para o São Bento tinha boas chances de custar o cargo de Umberto Louzer

por Agência Futebol Interior

Curitiba, PR, 17 (AFI) - A vitória por 2 a 1 sobre o São Bento, na última terça-feira, foi muito importante para Umberto Louzer. Segundo o presidente do clube, Samir Namur, existia uma possibilidade real de que o treinador fosse demitido no caso de um tropeço diante da equipe paulista.

“Havia o risco de demissão, sim. Nós precisamos de resultados. Precisamos alcançar a meta. Entendemos que o trabalho é bom, mas precisamos de resultado”, disse Namur em entrevista logo após a partida.

METAS
Com muita oscilação neste início de campeonato, a derrota por 2 a 1 para o Coritiba, na retomada após a Copa América, colocou em cheque o cargo de Louzer. Apesar da manutenção, a fala do presidente deixa claro que o aproveitamento do técnico terá que ser muito bom para a demissão não volte à pauta.

Namur admitiu que Louzer corre risco no cargo. (Foto: Reprodução / TV Coxa)
Namur admitiu que Louzer corre risco no cargo. (Foto: Reprodução / TV Coxa)
“Nós temos trabalhado desde o início do campeonato com metas. O fato é que na parada para a Copa América a meta não foi atingida. Nós, como diretoria avaliamos os porquês, entendemos e estabelecemos uma nova meta que vai nortear nossas decisões”, afirmou o presidente.

“Lógico que não temos a competição toda, mas enquanto a meta estiver sendo atingida mantemos a decisão. Qualquer placar que não fosse vitória nos colocaria numa posição ruim. Nós precisamos de resultado”, completou.

CENÁRIO
O Coritiba é o nono colocado da Série B, com 15 pontos somados, mas ainda perder posições até o fim da rodada. O próximo compromisso está marcado para terça-feira, dia 23, contra o Volta Redonda, no Couto Pereira.