Coritiba acerta com treinador campeão da Copa do Brasil

O treiandor foi escolhido após o clube ouvir o não de Caio Júnior e Celso Roth

por Agência Futebol Interior

Curitiba, PR, 29 (AFI) – Depois de tentar Caio Júnior e Celso Roth e não entrar em um acordo salarial com os dois treinadores, o Coritiba confirmou na noite deste domingo o treinador Péricles Chamusca parserá o técnico do time até o final da temporada. Ainda que o nome não seja o predileto do presidente Vilson Ribeiro Andrade, se encaixa na forma de pensar do clube, que gosta de treinadores jovens.

Com 48 anos de idade, Péricles Chamusca ganhou ascensão no futebol após conquistar o título da Copa do Brasil de 2004 pelo Santo André, em uma final contra o Flamengo. Depois disso, o treinador recebeu oportunidades em clubes de grande massa, como Goiás, Botafogo e Sport, mas não conseguiu o mesmo sucesso dos tempos de Ramalhão.

Neste ano, Péricles Chamusca foi a aposta da Portuguesa para conseguir o acesso da Série A2 do Campeonato paulista e montar o time para a disputa do Brasileirão, porém, mesmo em um campeonato tecnicamente mais fraco, o treinador não resistiu a sequências de derrotas e empates e foi demitido.

A estreia de Péricles Chamusca no comando do Coxa Branca será na próxima quarta-feira, às 21h50, no Couto Pereira, contra o Flamengo. A missão do novo comandante não é nada fácil. O Coritiba vem de uma dura derrota por 3 a 0 para o lanterna Náutico.

Queda de Marquinhos Santos
Apontado como uma das grandes promessas como treinador brasileiro, Marquinhos Santos, de 34 anos, não resistiu a derrota do Coritiba para o Itagui Ditaires-COl na Sul-Americana, nesta terça-feira e foi demitido pelo presidente Vilson Ribeiro de Andrade. Ainda que o presidente não tenha assumido, as vaias dirigidas ao treinador na saída do time de campo podem ter influenciado na demissão.

Junto com Marquinhos Santos, Felipe Ximenes, ex-diretor de futebol, também foi demitido. Os dois foram responsáveis pelo comando de futebol do clube por um ano, mas não resistiram a má campanha no Brasileirão e ao vexame na Sul-Americana.

 
 
" />