Mancini vê melhor atuação do Corinthians e desabafa: 'Futebol é bola na rede'

O treinador lamentou a derrota do Timão por 2 a 1 frente à Ferroviária

por Agência Estado

São Paulo, SP, 14 - Depois de ficar dez jogos invicto, o Corinthians perdeu a série positiva em Araraquara, ao sofrer a virada da Ferroviária por 2 a 1, na Fonte Luminosa em jogo adiantado e válido pela nona rodada. Para o técnico Vagner Mancini, o time merecia um resultado melhor pela boa atuação.

"Mas futebol é bola na rede. Acho que fizemos um dos melhores jogos do ano, mas, infelizmente, perdemos. É motivo para refletir porque nós perdemos, entender o que houve para ver onde nós podemos melhorar" ponderou o técnico corintiano.

Mancini falou sobre a derrota do Corinthians
Mancini falou sobre a derrota do Corinthians

ELOGIOS E EVOLUÇÃO
Ele fez muitos elogios à atuação do time, inclusive na evolução tática.

"Taticamente nós fomos superiores aos últimos jogos. Saímos jogando muito mais, tanto que o Cássio bateu poucas vezes o tiro de meta. Entendo que a entrada do Luan e de outros jogadores ajudou, porque nosso time agrediu mais, com mais toque de bola."

Mas Mancini ressaltou que tudo que acontece em cada jogo serve como aprendizado e que os ajustes vão ser feitos com o decorrer dos jogos.

"Sempre é necessário fazer ajustes, mesmo quando a gente ganha. Não será diferente agora, com uma derrota. As correções são constantes e precisa ser assim sempre."

MANCINI QUER DAR CHANCES PARA TODOS JOGADORES

COMPROMISSO!
O Corinthians volta a campo na sexta-feira diante do São Bento, e domingo à noite vai enfrentar o Ituano, ambos dentro do Neo Química Arena. Sobre a maratona de jogos, o técnico foi bem realista.

"Nós estamos usando quase todo o grupo de jogadores e tenho certeza de que vou ter um time técnico e competitividade para estes dois compromissos", disse, lembrando o fato de que o time vai atuar em um gramado de excelente qualidade.

Na coletiva, o técnico ressaltou que é preciso ir chegando ao time titular, que reúne os jogadores que mais atuam, porque acredita que em breve as partidas serão cada vez mais difíceis.

"Vamos ter jogos pelas próximas fases do Paulista, pela terceira fase da Copa do Brasil e também pela Sul-Americana. Precisamos chegar neste ponto com mais força."