Uruguaio "cutuca" Corinthians antes de jogo contra o Peñarol-URU

Atualmente sem clube, Acosta defendeu o Timão em 2008, sendo campeão da Série B do Brasileiro

por Agência Futebol Interior

São Paulo, SP, 29 (AFI) - Parece ser consenso que o Corinthians está devendo nos últimos anos. Em entrevista à rádio Sport 890, do Uruguai, o atacante Acosta fez uma análise do Timão, que nesta quinta-feira recebe o Peñarol-URU, pela Copa Sul-Americana.

O jogador de 39 anos defendeu o Corinthians em 2008, quando foi campeão da Série B do Campeonato Brasileiro. Na visão de Acosta, o Timão perde muito sem o apoio do torcedor e vê o clube enfraquecido em relação a anos anteriores.

Acosta vê Corinthians enfraquecido contra o Peñarol-URU
Acosta vê Corinthians enfraquecido contra o Peñarol-URU
"Agora, sem torcida, ficou tudo igual. Eles têm uma torcida especial, que empurra muito. Além disso, não vêm no melhor momento, não é o mesmo time de alguns anos atrás", comentou Acosta.

O atacante uruguaio, que teve uma passagem pelo Peñarol-URU, marcou nove gols em 39 jogos no Corinthians. No Brasil desde 2007, Acosta está sem clube depois de ter rescindido recentemente com o Penarol-AM depois de apenas quatro partidas.

Além de Corinthians e Penarol-AM, o atacante defendeu Náutico-PE, Brasiliense-DF, Resende-RJ, CEOV Operário-MT, Santos-AP, União Barbarense-SP, Botafogo-DF, 7 de Setembro-MS, Taboão da Serra-SP, Taguatinga-DF e Barcelona de Ilhéus-BA.