Volante de só 13 jogos entra com ação na Justiça de R$ 8,3 milhões contra Corinthians

Jogador alega não ter recebido parte do salário, parcelas do 13º e FGTS

por Agência Futebol Interior

São Paulo, SP, 15 (AFI) - O volante Renê Júnior pede ao Corinthians a bagatela de R$ 8,3 milhões. O jogador, que fez apenas 13 jogos pelo Timão, entrou com uma ação na 72ª Vara do Trabalho de São Paulo. Renê Júnior foi contratado em 2018 e deixou o clube em 2020.

Ação milionária contra o Timão. (Foto: Divulgação)
Ação milionária contra o Timão. (Foto: Divulgação)
Renê Júnior alega não ter recebido parte do salário, parcelas do 13º e FGTS. O jogador também exige indenização por assédio moral, além de seguro por acidente de trabalho, baseado nas três cirurgias feitas nos joelhos esquerdo e direito.

A defesa do volante alega que o Corinthians prometeu bancar seu salário e os outros encargos enquanto estivesse emprestado ao Coritiba, mas isso não teria acontecido. Renê Júnior ainda diz que, ao término do empréstimo, foi colocado para treinar separado do restante do elenco.