Cássio desabafa e diz que 'é melhor procurar outro clube se estiver atrapalhando'

O Corinthians foi massacrado ao levar 5 a 1 frente ao Flamengo, no Itaquerão

por Agência Estado

São Paulo, SP, 18 - Cássio está bastante abalado com a enxurrada de críticas que vem recebendo ao longo da má fase do Corinthians no Brasileirão. Atacado principalmente nas redes sociais, ele avalia como exageradas as cobranças. Após a dura goleada de 5 a 1 diante do Flamengo, na Neo Química Arena, ele abriu o coração, deixando no ar a possibilidade de sair do clube.

"Ultimamente tem sobrado tudo pra mim, tudo é culpa do Cássio, o time não ganha, não faz gol, é culpa do Cássio. Antes que falem algo, não acho que sou maior que o Corinthians, não me acho intocável, sou muito grato a tudo que o Corinthians fez pra mim, mas nesse momento acho que estou sendo escudo", disse o goleiro.

Ele se defendeu das cobranças. "Não acho que estou mal, o gol do São Paulo e do Botafogo eram defensáveis, mas acho que a carga é muito grande", afirmou o goleiro. "Tenho todo direito de ser criticado, mas no momento que eu atrapalhar o Corinthians é melhor eu procurar outro lugar. Foi muito duro hoje, uma das piores derrotas minhas aqui, mas não vou deixar de estar aqui, de meter a cara, falar, atuar, honrar. Se o professor (Vagner Mancini) me colocar no banco, vou estar aqui apoiando", garantiu.

Cássio falou sobre a derrota do Corinthians. Foto: Rodrigo Coca/Agência Corinthians
Cássio falou sobre a derrota do Corinthians. Foto: Rodrigo Coca/Agência Corinthians
COBRANÇA!
Há alguns dias, alguns torcedores foram a um treino cobrar a equipe e exibiram faixas e cânticos também protestando contra o goleiro. Cássio, contudo, não foi claro a quem era direcionado o seu desabafo ao poupar a torcida.

"No momento bom, sendo campeão, é muito fácil levar tapinha nas costas. Mas no momento que precisa...", avaliou. "A torcida tá de parabéns, fez uma festa, mostrou a força do Corinthians, infelizmente saímos com vergonha pelo resultado, mas vamos trabalhar", falou, ressaltando da festa de apoio que os corintianos fizeram antes do jogo com o Flamengo, neste domingo. Eles foram ao CT dar apoio ao time.

Apontado entre os maiores goleiros da história corintiana, Cássio garante que nunca deixará de honrar a camisa do clube. E nega acomodação. "Jamais sentei em cima dos títulos, dos números. E jamais me achei melhor que o Corinthians", enfatizou, antes de voltar a ameaçar sair. "A partir do momento que eu estiver atrapalhando, acho que tenho que procurar outro time."