Corinthians confia em dupla Jô e Luan para sonhar alto no Brasileirão

O time do Parque São Jorge aposta suas fichas em grandes reforços e também na base competitiva

por Agência Futebol Interior

São Paulo, SP, 07 (AFI) - Campeão brasileiro pela última vez em 2017, o Corinthians acumulou duas campanhas discretas nas últimas temporadas. Mas em 2020, a Fiel Torcida tem motivos de sobra para acreditar no Timão no Brasileirão. Talvez o principal deles seja uma dupla cheia de identificação com os próprios torcedores alvinegros: Jô e Luan.

De um lado, está Jô, velho conhecido dos alvinegros, revelado nas categorias de base do clube, craque e artilheiro da última conquista. Do outro, está Luan, que disputará o seu primeiro Campeonato Brasileiro na equipe do Parque São Jorge, mas que sempre foi corintiano e finalmente poderá defender o time do coração.

Corinthians vem forte no Brasileirão
Corinthians vem forte no Brasileirão
Além dos dois reforços, o Corinthians ainda manteve uma boa base de jogadores consolidados no clube, como o goleiro Cássio, o zagueiro Gil e o lateral Fagner. Esses devem ser os pilares do técnico Tiago Nunes, que assumiu o comando do Timão em 2020 com a missão de não só tornar o time mais competitivo, como de fazê-lo jogar um futebol mais atraente.

COMO CHEGA?
O Corinthians sofreu no Paulistão, mas conseguiu avançar à final após a parada da pandemia, quando Tiago Nunes enfim parece estar dando sua cara ao Timão. A final contra o Palmeiras vai definir em que pé o clube iniciará o Brasileirão.

"Um Corinthians com cara de Corinthians. Um time que vai se dedicar, que vai dar o seu melhor. O grupo é jovem, mas apoia as ideias da diretoria e do treinador, e queremos ir em busca de títulos. Todo mundo tem a consciência de que o Corinthians entra para vencer. Vamos atrás do título, sabendo de todos os obstáculos que enfrentaremos, e respeitando todos os adversários, mas fazer valer a grandeza do Corinthians", falou Jô.

TIME BASE: Cássio; Fagner, Gil, Danilo Avelar e Carlos Augusto; Gabriel, Ederson, Ramiro e Luan; Matheus Vital e Jô. Técnico: Tiago Nunes.