Corinthians volta a mostrar superação quando é 'zebra' no Campeonato Paulista

Time do técnico Tiago Nunes venceu seus três jogos após a paralisação por Covid-19

por Agência Estado

São Paulo, SP, 31 (AFI) - O Corinthians manteve a tradição de superação quando é "zebra" diante de algum rival de menor história em edições do Campeonato Paulista ao derrotar o Red Bull Bragantino por 2 a 0, na quinta-feira, no estádio do Morumbi, em São Paulo, e garantir vaga nas semifinais do Estadual.

O time do técnico Tiago Nunes voltou após a parada da pandemia do novo coronavírus precisando de duas vitórias, tropeços do Guarani para chegar ao mata-mata e conseguiu a classificação.

Depois, encarou a equipe de Bragança Paulista (SP), que fizera a melhor campanha da primeira fase e era apontada até como favorita à conquista de um segundo título em sua história, repetindo o feito de 30 anos atrás.

Força da superação. (Foto: Rodrigo Coca / Corinthians)
Força da superação. (Foto: Rodrigo Coca / Corinthians)
RUMO AO TETRA?
Mas a força do time mais vezes campeão paulista (30 no total) e que busca o inédito tetracampeonato foi vista mais uma vez em campo, com direito a gols com erro do ex-goleiro corintiano Julio César e do veterano atacante Jô, após quase oito meses fora dos gramados.

O feito lembrou 1977, quando o time da Ponte Preta, liderado por Dicá, Carlos e Oscar, era muito mais forte que a raçuda equipe de Parque São Jorge, que conseguiu encerrar o jejum de mais de 22 anos sem título, após três jogos históricos em um Morumbi lotado.

VIOLA NELES!
Outro exemplo é 1988 diante do Guarani, que havia empatado no Morumbi o primeiro jogo por 1 a 1, com um gol de bicicleta de Neto e foi para Campinas (SP) com a confiança de poder ganhar o seu primeiro título paulista.

Mas Viola nasceu para o futebol, naquele 31 de julho, ao marcar de carrinho o gol da vitória, aos quatro minutos da prorrogação, após empate sem gols no tempo normal, frente a quase 50 mil pessoas no estádio Brinco de Ouro da Princesa.

Neste final de semana, o Corinthians volta a enfrentar um time do interior na luta para chegar à decisão. O adversário será o Mirassol, que eliminou o Palmeiras, mas não vai carregar o favoritismo do duelo, que começará às 16 horas, na Arena Corinthians.