Ídolo encaminha rescisão com clube japonês, mas pode deixar Corinthians "na mão"

Jô estaria disposto a atuar nos Emirados Árabes Unidos antes de retornar ao Brasil para encerrar a carreira

por Agência Futebol Interior

São Paulo, SP, 21 (AFI) - O atacante Jô deve assinar nos próximos dias a rescisão contratual com o Nagoya Grampus-JAP, cujo vínculo se encerraria em dezembro.

A notícia, porém, pode não ser boa para o Corinthians. O atacante de 33 anos estaria aguardando uma proposta dos Emirados Árabes Unidos.

A ideia de Jô é conseguir um bom contrato no Oriente Médio para, aí sim, retornar ao Brasil e encerrar sua carreira. Não existe, porém, nenhuma proposta oficial neste momento.

Jô encaminhou sua saída do Nagoya Grampus-JAP
Jô encaminhou sua saída do Nagoya Grampus-JAP
Desde 2018 no Nagoya Grampus-JAP, onde disputou 74 partidas e marcou 32 gols, Jô perdeu espaço no clube japonês. As partes já teriam apalavrado a rescisão contratual, que deve ser assinada a qualquer momento.

DESEJO!
Assim que surgiu a possibilidade de Jô deixar o Nagoya Grampus-JAP, o presidente Andrés Sanchez abriu as portas do Corinthians. O atacante também nunca escondeu o desejo de retornar ao clube.

A prioridade realmente é essa caso não apareça uma proposta do Oriente Médio. Em recente entrevista, inclusive, Jô admitiu a possibilidade de aceitar uma redução salarial.

Revelado nas categorias de base do Corinthians, o atacante defendeu ainda CSKA-RUS, Manchester City-ING, Everton-ING, Galatasaray-TUR, Internacional, Atlético-MG, Shabab Dubai-UAE e Jiangsu Suning-CHN.