Diretor nega que Corinthians pode perder atacante recém-chegado para o Benfica

O jogador chegou ao Corinthians por empréstimo, mas o clube brasileiro tem uma obrigatoriedade de compra no contrato

por Agência Futebol Interior

São Paulo, SP, 19 (AFI) – O empresário de Yony González pegou a diretoria do Corinthians de surpresa com uma declaração nesta terça-feira. Gianluca de Franco disse que o jogador poderia retornar ao Benfica, de Portugal, caso não seja contratado pelo Corinthians no meio deste ano.

O diretor do Corinthians, Duílio Monteiro Alves tratou de negar a informação. Segundo o dirigente, não há nenhuma chance disso acontecer.

“Isso não existe. Temos contrato assinado que prevê a compra obrigatória do Corinthians no meio do ano”, explicou Duílio.

Yony chegou ao Corinthians este ano e disputou apenas quatro partidas. Ele chegou por empréstimo do Benfica até o fim de junho, mas o contrato obriga a compra definitiva com vínculo até o final de 2023.

O atacante chegou para suprir a saída de Pedrinho, negociado com o próprio Benfica, mas ainda não teve tempo de cavar seu espaço no time titular do Corinthians.

A tendência é que ele seja mais aproveitado no decorrer da temporada, já que a diretoria confirmou que pretende contar com o jogador.