Coelho diz que meta corintiana é Libertadores: 'Vamos brigar até a última rodada'

Na posição em que se encontra, o Corinthians está fora até mesmo da fase eliminatória da competição sul-americana

por Agência Estado

São Paulo, SP, 17 - O técnico interino do Corinthians, Dyego Coelho, afirmou neste domingo que a meta do clube neste Campeonato Brasileiro ainda é a classificação direta para a fase de grupos da Copa Libertadores.

Com o empate por 0 a 0 contra o Internacional, pela 33.ª rodada, o time paulista ocupa a oitava colocação com 50 pontos, seis atrás do Grêmio, quarto colocado.

Na posição em que se encontra, o Corinthians está fora até mesmo da fase eliminatória da competição sul-americana.

"A meta é chegar direto na Libertadores, ela é fato. É o que conversamos no treino, no CT, a gente tem que dar um jeito e vamos brigar par chegar na Libertadores até a última rodada, é a nossa intenção", disse Coelho.

Coelho reconheceu a instabilidade, mas segue confiante pelo G4
Coelho reconheceu a instabilidade, mas segue confiante pelo G4

Restando cinco rodadas para o final do Brasileirão, o Corinthians ainda terá pela frente Botafogo (fora), Avaí (casa), Atlético-MG (fora), Ceará (fora) e Fluminense (casa).

Apesar do tropeço em casa, o treinador valorizou o ponto somado.

"Esses dois últimos jogos (empatou contra o Palmeiras), eu falo que ganhamos um ponto fora de casa e um contra uma equipe grande do Inter. Foi um jogo muito difícil. O campeonato é muito difícil. Não estamos falando de qualquer equipe. Conseguimos fazer um segundo tempo maravilhoso e espero continuar assim, jogando sempre para frente, não tenha dúvida disso. Vamos encostando. Se deixar encostar, vamos indo, vamos indo... Se Deus quiser, vamos chegar na Libertadores", afirmou.

Mercado da Bola
Corinthians-SP
Elenco ainda não definido
  • Goleiros

    Cássio, Walter, Caique e Filipe

  • Laterais

    Fagner, Danilo Avelar, Carlos Augusto, Lucas Piton e Michel

  • Zagueiros

    Gil, Léo Santos, Bruno Méndez e Marllon

  • Volantes

    Ramiro, Gabriel, Ralf, Renê Junior, Victor Cantillo e Matheus Jesus

  • Meias

    Sornoza, Jadson, Pedrinho, Matheus Vital e Régis

  • Atacantes

    Boselli, Vagner Love, Clayson, Janderson, Gustavo e Luan

  • Técnico

    Tiago Nunes