Técnico recebe proposta da China e pode deixar o Corinthians

No ano passado, Carille deixou o Timão por sete meses, no pior perído da equipe nos últimos anos

por Agência Futebol Interior

São Paulo, SP, 10 (AFI) – A notícia parece antiga, mas pode acontecer novamente. Um clube do exterior ameaça tirar o técnico Fábio Carille do Corinthians. Dessa vez, é o Tianjin Teda, da China, que prepara uma proposta.

O clube chinês se organiza para a temporada de 2020 e gostaria de contar com o treinador brasileiro.

A ideia é que Carille permanecesse no Corinthians até o final do ano e se transferisse para o futebol chinês no início do próximo ano.

Representantes do treinador e do Corinthians negam qualquer proposta oficial, mas a equipe chinesa já busca informações para preparar uma investida oficial.

DÉJÀ VU
Carille já viveu situação parecida em 2018, quando foi convencido por proposta do Al-Wehda, da Arábia Saudita, e deixou o Corinthians por cerca de sete meses.

Nesse período, o Corinthians passou pelo comando de Osmar Loss e Jair Ventura, que não se firmaram. Com Carille de volta, a equipe voltou a conquistar bons resultados e conquistar títulos mesmo quando não era tida como um dos elencos mais fortes dos campeonatos que disputou.