Gabriel já fala em tom de despedida e deve anunciar saída do Corinthians

Volante tem proposta do Al Hilal, da Arábia Saudita, de cerca de R$ 25,3 milhões

por Agência Estado

São Paulo, SP, 30 - O volante Gabriel está perto de dar adeus ao Corinthians. O jogador fez boa partida diante do Fluminense, na quinta-feira, no Maracanã, disse que ainda não tem nada fechado, mas deu a entender que sua saída do clube está próxima.

Ele tem proposta do Al Hilal, da Arábia Saudita, e deve ser vendido por cerca de 5,5 milhões de euros (cerca de R$ 25,3 milhões).

"Falta realmente assinar. Tudo aconteceu de maneira rápida. Por estar concentrado, focado na partida, não consegui parar para pensar nisso ainda. Agora vai baixar a adrenalina, vou me reunir com empresários, Corinthians e família para tomar a decisão. Em algumas horas ou pelo menos um dia, as janelas fecham, vai ser definido", avisou o atleta.

Gabriel pode ter se despedido do Corinthians em partida diante do Fluminense - Lucas Merçon / Fluminense FC
Gabriel pode ter se despedido do Corinthians em partida diante do Fluminense
ALÍVIO NOS COFRES

Aos 27 anos, Gabriel se tornou titular da equipe após a parada para a Copa América. Em um primeiro momento, o Corinthians avisou que não pretendia negociar seu atleta, mas o clube árabe aumentou um pouco os valores e a necessidade de entrar dinheiro no caixa convenceram os dirigentes.

Na negociação, o Corinthians ficará com 50% dos valores. A outra metade será dividida entre o atleta e o Monte Azul, clube do interior paulista.

No time alvinegro, Gabriel disputou 137 partidas, fez quatro gols e comemorou quatro títulos: o tricampeonato paulista de 2017 a 2019 e o Campeonato Brasileiro de 2017.

"Vou me reunir com meus empresários e com o Corinthians para saber a decisão tomada. Mas independentemente de qualquer coisa, estou feliz com o jogo e a classificação para a semifinal da Copa Sul-Americana. Quando eu souber 100% o que vai acontecer, vou me pronunciar. O Corinthians é minha casa e estou feliz", disse o jogador.

Para o técnico Fábio Carille, não tem como segurar jogador com boa proposta.

"Perder jogador faz parte, todos são sabedores que o clube passa por uma situação financeira não muito boa. Se o Gabriel for, obrigado por tudo, se realmente fechar, fica meu respeito e carinho. No início da minha carreira, em 2017, você fez parte. Temos de estar preparados para isso", comentou.

O jogador entendeu o recado de seu comandante. "Vamos analisar rápido, ver a parte financeira, talvez seja uma independência minha e da minha família. Temos de pensar nisso. O Corinthians fez parte da minha infância e eu pude vestir a camisa. Também estou feliz pela valorização. Vou pensar, mas já agradeço o que o Corinthians fez por mim. Sei que se eu sair não será uma porta fechada, vou sair pela porta da frente", concluiu o volante.