De saída do Corinthians, Walter ganha mais duas oportunidades para atuar

Ele deve ser o titular da meta nos jogos contra o Cruzeiro, sábado, e o Santos, na quarta-feira, ambos pelo Campeonato Brasileiro

por Agência Estado

São Paulo, SP, 07 - Com saída do Corinthians anunciada e marcada para o fim da temporada, o goleiro Walter terá mais duas oportunidades em sequência para chamar a atenção de um clube para atuar em 2020. Com Cássio convocado pela seleção brasileira, ele deve ser o titular da meta nos jogos contra o Cruzeiro, sábado, e o Santos, na quarta-feira, ambos pelo Campeonato Brasileiro.

Walter confirmou no fim de maio que não renovaria contrato com o clube. Segundo ele, o assunto já havia sido definido com a diretoria em janeiro. O motivo para a decisão foram as poucas chances de atuar no gol do Corinthians por causa do grande momento do titular Cássio.

Neste ano, Walter já atuou em quatro partidas. E em nenhuma delas o Corinthians venceu. Houve o empate com o Santos por 1 a 1 em amistoso em janeiro. Depois nova igualdade, desta vez com a Ferroviária por 1 a 1, pelo Campeonato Paulista. Na sequência, duas derrotas pela Copa do Brasil. A primeira para o Ceará por 1 a 0, partida em que Walter entrou após expulsão de Cássio, e depois o tropeço por 1 a 0 com a Chapecoense.

Walter
Walter
Walter e seu empresário, Julio Fressato, ainda não definiram qual será o clube que goleiro defenderá na próxima temporada. A definição pode acontecer em breve. Como seu acordo com o Corinthians termina em dezembro, a partir de julho ele já pode assinar um pré-contrato com outro clube sem ter de pagar multa rescisória.

O reserva de Cássio foi contratado pelo Corinthians em 2013. Nesse período, disputou 75 partidas, sofreu 62 gols e conquistou dois títulos brasileiros (2015 e 2017) e um paulista (2019) - as conquistas contabilizadas são as que ele entrou em campo em pelo menos um jogo.