Corinthians tenta diminuir pressão em duelo com Athletico-PR

"Pressão existe sempre, mas o mais importante é a gente ter a nossa consciência, buscar a melhora a cada dia", disse Fagner

por Agência Estado

São Paulo, SP, 19 - O Corinthians vive momento difícil na temporada e neste domingo, às 16 horas, terá mais um duelo complicado em busca da reabilitação: visitará o Athletico-PR, na Arena da Baixada, pela quinta rodada do Campeonato Brasileiro.

O time vem de dois empates consecutivos na competição, e na última quarta-feira perdeu para o Flamengo por 1 a 0 no jogo de ida das oitavas de final da Copa do Brasil. Os resultados pressionaram o elenco, especialmente o setor ofensivo.

"Pressão existe sempre, mas o mais importante é a gente ter a nossa consciência, buscar a melhora a cada dia. Sabemos a dificuldade de jogar fora de casa, mas o mais importante é acreditar no que fazemos, sempre buscando melhorar, para subir na tabela", disse o lateral-direito Fagner.

MISTÉRIO

O técnico Fábio Carille não confirmou a escalação, mas a principal novidade deverá estar no banco de reservas. O centroavante Gustavo, o Gustagol, recuperado de edema muscular na coxa direita, volta a ficar à disposição depois de seis jogos. Ele não joga desde a decisão do Campeonato Paulista com o São Paulo, em 21 de abril. As últimas partidas, no entanto, não foram boas. No clássico com o time tricolor, o centroavante completou sete jogos sem fazer gols.

Seu gol mais recente saiu em 24 de março, no empate por 1 a 1 com a Ferroviária pelas quartas de final do Paulistão. De lá para cá, Gustagol chegou a se revezar no time titular com Boselli até se machucar.

POUPADO

Clayson será poupado devido a uma sobrecarga no joelho direito e isso pode fazer com que o argentino, que decepcionou nos últimos jogos, siga entre os titulares. Com Love e Boselli em campo, Mateus Vital e Pedrinho devem brigar por uma vaga no ataque.

No meio, Junior Urso deve fazer o primeiro jogo como titular após se recuperar de lesão. O lateral-esquerdo Danilo Avelar, por ter se recuperado recentemente de problema no joelho esquerdo, pode ser poupado e dar lugar a Carlos Augusto.

"Não dá para a gente entrar em pânico, tem que ser jogo a jogo. O próximo será difícil, mas temos de pontuar para brigar entre os primeiros na tabela", disse o goleiro Cássio.