Após dez dias internado, Andrés Sanchez tem alta hospitalar

O presidente do Corinthians ficou dez dias internado por causa de uma encefalite viral

por Agência Estado

São Paulo, SP, 15 - O presidente do Corinthians, Andrés Sanchez, recebeu alta na manhã desta sexta-feira, do Hospital São Luiz. O dirigente ficou dez dias internado por causa de uma encefalite viral. "Recebeu alta em ótimas condições clínicas e laboratoriais", disse o diretor adjunto de futebol do Corinthians, Jorge Kalil, que também é médico.

Andrés deve continuar a recuperação em casa e voltar ao trabalho na próxima segunda-feira, embora não exista uma previsão oficial de qual retomará as atividades. Durante o período em que esteve internado, Andrés não assinou o termo de afastamento da presidência. Edna Murad, primeira vice-presidente, era responsável por assinar documentos e procurações nos últimos dias.

Após dez dias internado, Andrés Sanchez tem alta hospitalar
Após dez dias internado, Andrés Sanchez tem alta hospitalar

DIAS INTERNADOS..
Com 55 anos, Andrés foi internado na quarta-feira da semana passada. Ele chegou a ficar na UTI, a unidade de tratamento intensivo, do hospital e a expectativa era de que o mandatário recebesse alta no início desta semana. Exame de sangue apresentaram resultados "um pouco alterado", de acordo com Kalil, e, por isso, a alta foi adiada após o presidente evoluir bem nos últimos dias.

A encefalite viral é uma inflamação no sistema nervoso central que causa fortes dores de cabeça, febre e até convulsões. O tratamento exige medicação, repouso e ingestão de líquidos.

Andrés estava trabalhando normalmente antes da internação e chegou a acumular a gestão da área de marketing do clube após a saída de Luiz Paulo Rosenberg. O presidente corintiano ainda não definiu novo nome para cuidar do departamento.