Andrés Sanchez, presidente do Corinthians, está internado em São Paulo

O dirigente passou mal na terça-feira está internado na unidade do Itaim desde então

por Agência Futebol Interior

São Paulo, SP, 06 (AFI) – Conforme divulgado com exclusividade pelo Portal Futebol Interior, o presidente do Corinthians, Andrés Sanchez, está internado no Hospital São Luiz, em São Paulo por causa de uma encefalite viral. De acordo com nota oficial do clube, divulgada na manhã desta quinta-feira, a infecção está controlada. Ele sofreu um mal-estar na noite desta quarta.

"Aos cuidados da equipe de infectologia e do Dr. Jorge Kalil, o presidente do clube permanecerá internado para tratamento adequado", informou o Corinthians por meio de comunicado.

Encefalite viral é uma inflamação no sistema nervoso central que causa fortes dores de cabeça, febre e até convulsões. O tratamento exige medicação, repouso e ingestão de líquidos. O clube não divulgou o tempo de recuperação do presidente.

Andrés estava trabalhando normalmente e também participou de alguns bailes de carnaval ao lado de amigos, como o ex-jogador Ronaldo, no último final de semana. Na última semana, Andrés viveu momentos conturbados na gestão do clube com a saída de Luiz Paulo Rosenberg da área de marketing, que pediu demissão após pressão dos conselheiros.

O presidente passou a exercer a função e ainda não definiu novo nome para cuidar das ações voltadas ao gerenciamento da marca do clube.

HIPERTENSO E AGITADÍSSIMO
Apesar de ser figura constante em festas e camarotes, Andrés vive se preocupando com a saúde. O presidente do Timão sofre de hipertensão, além de ser uma pessoa agitada, nervosa e elétrica.

Seu cotidiano no futebol e na política também fazem com que viva intensamente e com estresse fazendo parte de sua rotina. O polêmico dirigente está sempre entrando em conflitos com adversários políticos e convive com constantes polêmicas como principal nome da diretoria corintiana.

A mais recente, envolvendo o departamento de marketing do Timão e a campanha do ‘corinthianismo’ terminou com a demissão de Luis Paulo Rosemberg, diretor de marketing do clube, e amigo de longa data de Andrés.