Duílio confirma reunião com Andrés que poderá definir futuro de Jair Ventura

É justamente essa percepção do dirigente que pode complicar de vez a situação de Jair Ventura

por Agência Estado

São Paulo, SP, 03 - O destino do técnico Jair Ventura deve ser definido nesta semana, em reunião da diretoria do Corinthians. Apesar de o treinador ter dito na noite de domingo, após a derrota por 1 a 0 para o Grêmio em Porto Alegre, que segue trabalhando normalmente no planejamento para 2019, ele pode ter seus planos interrompidos.

O diretor de futebol do clube, Duílio Monteiro Alves, disse que vai se reunir com o presidente Andrés Sanchez e, no encontro, pode ser determinado o rumo do comando técnico da equipe para o início da próxima temporada. A possibilidade de trazer de volta Fábio Carille, que conta com o apoio de várias pessoas influentes ligadas ao futebol, será um dos temas principais do encontro.

"Vamos sentar esta semana com o presidente e fazer uma análise do semestre do Corinthians", disse Duílio. "A gente sabe que o Corinthians deixou muito a desejar, foi muito abaixo do que tem de fazer."

Duílio confirma reunião com Andrés que poderá definir futuro de Jair Ventura
Duílio confirma reunião com Andrés que poderá definir futuro de Jair Ventura
É justamente essa percepção do dirigente que pode complicar de vez a situação de Jair Ventura. Duílio Monteiro Alves foi bastante claro nas críticas ao treinador. "Tivemos a final da Copa do Brasil, o Corinthians fez dois grandes jogos, mas não dá para achar que o trabalho é bom. Ninguém aqui está satisfeito com a campanha que o Corinthians fez no Brasileiro, principalmente no segundo turno. Por isso, temos de sentar e conversar com a cabeça no lugar."

NÃO FOI BEM

Jair teve um aproveitamento bastante ruim no Corinthians, de apenas 31,6%. Em 19 partidas, venceu apenas quatro, com seis empates e nove derrotas. Além disso, o fato de montar equipe sempre muito defensivas desagradou a torcedores e dirigentes. Por isso, é pouco provável que permaneça, apesar de ter contrato até dezembro do próximo ano.

Após pedir desculpas aos torcedores pelo péssimo desempenho do time, o diretor de futebol enfatizou que, a partir deste momento, o mais importante é trabalhar para que o Corinthians tenha um ano de 2019 bem melhor. Nesta temporada que está se encerrando, o time foi campeão paulista e vice da Copa do Brasil. Mas teve um desempenho ruim na Libertadores e flertou com o rebaixamento no Brasileiro.

 
 
" />