Matheus Matias passa de artilheiro do Brasil a última opção no ataque corintiano

"Não tem nada a ver com estar pronto. Todo jogador está em evolução e estamos investindo muito trabalho nele", diz Osmar Loss

por Agência Estado

São Paulo, SP, 06 - Matheus Matias chegou ao Corinthians no fim de fevereiro com o status de maior artilheiro do futebol brasileiro no ano, com dez gols marcados pelo ABC. Passados pouco mais de cinco meses, o jovem de 20 anos ainda espera por uma oportunidade como titular em jogos oficiais. O técnico Osmar Loss garante que esse momento vai chegar, mas prefere não fazer projeções.

O fato é que hoje ele é a última opção para a posição de centroavante da equipe. Loss tem utilizado Roger, Jonathas e até Romero na função e não tem testado Matheus Matias.

"Não tem nada a ver com estar pronto. Todo jogador está em evolução e estamos investindo muito trabalho nele. Quando acharmos que o momento for adequado, ele vai estar em campo", disse o treinador, após a partida contra o Atlético-PR, sábado passado.

Matheus Matias passa de artilheiro do Brasil a última opção no ataque corintiano
Matheus Matias passa de artilheiro do Brasil a última opção no ataque corintiano
JÁ VESTIU A CAMISA?
Matheus Matias atuou por alguns minutos na partida contra o Vitória, em seu único jogo oficial pelo Corinthians. Ele ainda participou dos amistosos contra o Grêmio, onde até marcou um gol, e Cruzeiro, ambos durante a paralisação dos torneios para a Copa do Mundo.

ABAIXO DO ESPERADO
Nos treinamentos, o garoto não tem chamado a atenção como se esperava. Se mostra muito tímido e parece se intimidar em meio a tantos jogadores mais experientes para disputar posição. Na partida contra o Atlético-PR, Loss iniciou o jogo com Romero mais à frente e depois colocou Danilo, ao invés do jovem, no ataque.

VAI FICANDO MAIS DIFÍCIL
Nessa semana, Roger deve voltar aos treinos, assim como Jonathas, fazendo com que Matheus Matias volte para o fim da fila. A direção estuda a possibilidade de emprestá-lo para ganhar experiência, mas ainda não decidiu se, de fato, o melhor é vê-lo jogando em outra equipe ou treinar com os demais atletas e ganhar confiança para buscar o seu espaço.

 
 
" />