Corintianos ficam frustrados com domínio palmeirense na seleção do Paulistão

A votação dos melhores do Paulistão foi feita por jornalistas em processo encerrado antes da decisão

por Agência Estado

São Paulo, SP, 10 - Jogadores e diretores do Corinthians não aceitaram muito bem o fato de o Palmeiras ter dominado a seleção dos melhores do Campeonato Paulista, divulgada na segunda-feira. O clube rival contou com oito atletas no time ideal do Estadual, além do técnico Roger Machado e do goleiro Jailson ter sido eleito o craque da competição, algo que parece ter incomodado ainda mais.

Antes do início da festa, o meia Rodriguinho estava dando entrevista quando foi questionado sobre a possibilidade de o atacante Dudu ter sido eleito o craque do campeonato, informação que circulava nos bastidores da premiação e acabou não se confirmando. Visivelmente constrangido com a possibilidade, ele questionou um dos assessores de imprensa do clube e, logo em seguida, disse: "Mais uma decepção". Além de Rodriguinho, Balbuena foi o único atleta do Corinthians presente na festa.

Como a maioria dos vencedores não estavam presentes, a Federação Paulista de Futebol decidiu mudar o formato da premiação e não chamou os eleitos ao palco, algo que também chateou os corintianos, já que Rodriguinho, Balbuena e Gabriel Barbosa, do Santos, eram os únicos membros da seleção do Paulistão que estavam presente no evento.

Corintianos ficam frustrados com domínio palmeirense na seleção do Paulistão
Corintianos ficam frustrados com domínio palmeirense na seleção do Paulistão
Representaram o Corinthians, além de Balbuena e Rodriguinho, o presidente Andrés Sanchez, o diretor de futebol Duílio Monteiro Alves, o diretor adjunto de futebol Jorge Kalil, o gerente de futebol Alessandro Nunes, o técnico Fábio Carille, o preparador Walmir Cruz e o observador Mauro da Silva.

Quando o nome de Jailson foi anunciado como o craque da competição, Rodriguinho mais uma vez mostrou sua insatisfação. Ele virou na direção da mesa onde estava parte da diretoria corintiana e bateu palmas. Como consolo, o meia corintiano ganhou o prêmio de gol mais bonito, o que ele marcou contra o Palmeiras, na fase de grupos.

A votação dos melhores do Paulistão foi feita por jornalistas em processo encerrado antes da decisão entre Corinthians e Palmeiras. O time alviverde decidiu não enviar representantes ao evento de segunda-feira como protesto pela polêmica arbitragem do clássico realizado no último domingo, que teve o time alvinegro como campeão estadual ao vencer no tempo normal por 1 a 0 e depois por 4 a 3 nos pênaltis.

 
 
" />