Novo adjunto de futebol do Corinthians defendeu impeachment de Roberto de Andrade

Kalil se afastou do dirigente, pediu licença do cargo por não concordar com as atitudes do ex-presidente

por Agência Estado

São Paulo, SP, 05 Com a realização da eleição do Conselho Deliberativo do Corinthians, ocorrida na semana passada, o presidente do clube, Andrés Sanchez, definiu mais três nomes da nova diretoria e as principais novidades são a mudança de cargo de Duílio Monteiro Alves, que passa a ser diretor de futebol e deixa o cargo de adjunto para Jorge Kalil, que foi vice-presidente na gestão Roberto de Andrade.

Embora fosse vice de Roberto de Andrade, Kalil se afastou do dirigente, pediu licença do cargo por não concordar com as atitudes do ex-presidente e ainda defendeu seu impeachment, algo que acabou não acontecendo.

Foto: Daniel Augusto Jr / Ag Corinthians
Foto: Daniel Augusto Jr / Ag Corinthians
Já na nova função, Kalil apresentou o lateral-esquerdo Sidcley nesta segunda-feira, mas não chegou a dar entrevista. Além dele e de Duílio, Alessandro Nunes continuará na diretoria, como gerente de futebol.

Uma das missões da diretoria de futebol corintiana é conseguir acertar a contratação de um centroavante para Fábio Carille, que já pediu a chegada de um jogador para a função diversas vezes. Sem a peça, decidiu mudar o esquema tático e tem atuado sem uma referência na área.

Confira como está composta a diretoria do Corinthians:

Presidente: Andrés Sanchez

1ª vice-presidente: Edna Murad Hadlik

2º vice-presidente: Alexandre Husni

Diretor de futebol: Duílio Monteiro Alves

Diretor-adjunto de futebol: Jorge Kalil

Diretor de marketing: Luis Paulo Rosenberg

Diretor financeiro: Wesley Melo

Diretor de negócios jurídicos: Fabio Trubilhano

Diretor de Esportes Aquáticos: Marco Antônio Soares de Paula

Diretor-adjunto de esportes aquáticos: Fabrício José Parras Vicentim

 
 
" />