Carille lembra que não vai ser fácil tirar sete pontos de diferença para o Corinthians

Técnico corintiano se mostra preocupado com queda de produção, mas lembra que a diferença ainda é grande

por Agência Estado

Santos, SP, 10 - O técnico Fábio Carille mostrou preocupação após a derrota do Corinthians para o Santos por 2 a 0, neste domingo, no estádio da Vila Belmiro, em Santos, pela 23.ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Sempre com o semblante carregado, como é habitual, o treinador afirmou que não está satisfeito com o desempenho no segundo turno.

"Se quisermos algo no campeonato, temos de melhorar. Não é o segundo turno que queríamos mostrar. Em quatro partidas, temos uma vitória e três derrotas.

O resultado não foi o que viemos buscar aqui. Criamos oportunidade e não conseguimos marcar", analisou o treinador.

Na avaliação de Fábio Carille, o time errou muitos passes - foram 34 ao todo.

"Os dois gols do Santos saíram em passes errados nossos. Mas não fomos mal. Fizemos um bom jogo, conseguimos triangular, chegar ao fundo. Mas não tivemos sucesso. Podem esperar que vamos melhorar", prometeu o treinador.

Romero sofreu forte marcação. Foto: Agência Corinthians
Romero sofreu forte marcação. Foto: Agência Corinthians

GORDURA É BOA
Apesar da queda de desempenho, o Corinthians ainda tem uma boa vantagem de sete pontos para o Grêmio (50 a 43).

"Não é fácil tirar sete pontos de vantagem. Tivemos resultados anormais que nos atrapalharam.

Fiquei muito chateado pela derrota para o Vitória. Perder na Vila Belmiro não é o mesmo caso.

Você perde a confiança quando seu time começa a dar bicão. O meu time joga e põe a bola no chão", afirmou Fábio Carille.

aaa