Novo técnico do Corinthians evita falar da carência na lateral-esquerda

No clássico contra o Palmeiras, o treinador improvisou o zagueiro Castan

por Agência Futebol Interior

São Paulo, SP, 02 (AFI) – O Corinthians sofre com a carência na lateral-esquerda e neste domingo, no clássico contra o Palmeiras, o técnico Adilson Batista começou com o zagueiro Leandro Castan improvisado na vaga do suspenso Roberto Carlos. Após o confronto, o comandante preferiu não polemizar o assunto.

Quando perguntado se precisaria de alguns reforços, principalmente para a lateral-esquerda, o treinador alvinegro foi rápido e na resposta e disse que esse assunto tem que ser tratado apenas com os dirigentes do Timão.

“Este tipo de coisa eu discuto com o presidente e com o seu Mário. Sei o que dá para fazer e o que temos de necessidade”, afirmou Adilson Batista, que fez a sua estreia no comando do Corinthians neste domingo.

O treinador também descartou improvisar o atacante Jorge Henrique na lateral-esquerda e disse que ele é um jogador de velocidade e que tem que jogar na frente, não no setor defensivo e preocupado em marcar.