Cerro Porteño 0 x 1 Corinthians - Fenômeno dá a vitória ao Timão!

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 17 (AFI) - Jogando em um Defensores del Chaco lotado, o Corinthians mostrou suas credenciais de Libertadores e bateu o Cerro Porteño-PAR por 1 a 0 na noite desta quarta-feira, pela Taça Libertadores de América.

Veja também:
RN: ABC goleia e lidera ao lado de caçula; Cai o último invicto


O jogo, válido pelo Grupo 1 da competição, mostrou um Timão aguerrido, que soube suportar a pressão e contou com a ajuda de dois de seus principais jogadores para vencer a partida - Ronaldo e Roberto Carlos. O Fenômeno marcou o gol da vitória, enquanto que o lateral-esquerdo vem mostrando evolução na equipe, sendo peça importante na defesa e nas bolas paradas.

Com a vitória, o Timão foi a sete pontos e continua líder de seu grupo, dando um grande passo rumo a próxima fase. Dependendo do resultado entre Racing-URU e Independiente de Medellín-COL, o Timão pode avançar às oitavas já na próxima rodada, caso vença seu confronto. Já o Cerro se complicou de vez na Taça, somando apenas um ponto em três jogos.

Agora, o Corinthians volta a campo na Libertadores no dia da mentira, primeiro de abril, diante do próprio Cerro Porteño, no Pacaembu.

Equilíbrio
A partida começou em termos de igualdade entre as duas equipes. O Corinthians criava, e o Cerro Porteño respondia à altura. Na primeira oportunidade do jogo, logo aos seis minutos, o Timão quase saiu na frente, quando Elias aproveitou belo lançamento de Roberto Carlos e invadiu a área, finalizando bem para boa defesa do goleiro Barreto. Os paraguaios responderam com Zeballos, que recebeu cruzamento de Ramírez e testou firme para a defesa segura de Felipe.

Aos 22, o Corinthians se aventurou novamente no ataque, desta vez com Jucilei, que fez boa jogada individual e chutou firme. A bola passou raspando o travessão da meta paraguaia. Faltoso no jogo, o Timão já tinha tomado três cartões amarelos antes da metade da primeira etapa, com Moacir, Dentinho e Jucilei.

Finalmente, ele!
O jogo continuava truncado no meio-de-campo e as duas equipes pouco criavam, enquanto o Timão se resguardava na defesa para não ter um jogador expulso ainda na primeira etapa. Foi aí que Ronaldo finalmente voltou a balançar as redes pelo Corinthians.

Desde janeiro sem marcar gols, Ronaldo aproveitou um lindo desviou de calcanhar de Jucilei e pintou livre no segundo pau, batendo de chapa com o pé direito para colocar o alvinegro em vantagem, já aos 41 minutos da primeira etapa, quebrando também um jejum de cinco partidas sem gol.

Segura Timão!
O Cerro voltou determinado a empatar o jogo diante de sua torcida, e deu um susto no Corinthians logo aos três minutos. Júlio dos Santos chutou forte de fora da área, e o goleirão Felipe deu rebote. Na sequência, Zeballos pegou a bola e tocou para Ramírez, que chutou por cima. O Timão ainda teve um gol anulado cinco minutos depois, quando Dentinho desviou cruzamento de Roberto Carlos para as redes, impedido.

Dominando a posse de bola, o time paraguaio lançava uma saraivada de cruzamentos na área corintiana, mas a zaga do Corinthians, bem postada, conseguia aliviar o perigo. Aos 27, porém, a defesa do alvinegro bobeou e o time paraguaio perdeu um gol feito.

Ereros, que entrou no segundo tempo, avançou pela intermediária e serviu Júlio Dos Santos, que chegou a driblar Felipe mas hesitou na hora de chutar, permitindo que Roberto Carlos, muito bem no jogo, fizesse o corte a tempo de evitar o gol de empate. Três minutos depois, Zeballos subiu de cabeça dentro da pequena área, mas para a sorte do Timão, falhou feio na conclusão, testando por cima do gol.

Tentando esfriar a pressão, o Timão trocava passes quando tinha a bola, mantendo a redonda no campo de ataque. O alívio para o Timão veio aos 37 minutos, quando Britez foi expulso por ofender o árbitro. A partir daí, foi só administrar o resto do jogo, e os preciosos três pontos estavam inclusos na bagagem do alvinegro.

Cerro Porteño-PAR 0 x 1 Corinthians

Local: Estádio Defensores del Chaco, em Assunção, Paraguai
Árbitro: Pablo Antonio Pozo-CHI
Cartões Amarelos: Ramírez, Torren e Nuñez (Cerro Porteño); Dentinho, Moacir e Jucilei (Corinthians)
Cartão Vermelho: Britez (Cerro Porteño)
Gol: Ronaldo aos 41'/1T (Corinthians)

Cerro Porteño-PAR
Diego Barreto; Irrzábal, Herner (Cardozo), Torrén e Piris; Núñez, Cáceres (Recalde), Britez e Julio dos Santos; César Ramírez (Ereros) e Zeballos.
Técnico: Pedro Troglio.

Corinthians
Felipe; Moacir, Chicão, William e Roberto Carlos; Ralf, Jucilei, Elias e Danilo (Tcheco); Dentinho (Jorge Henrique) e Ronaldo (Souza).
Técnico: Mano Menezes.