Mais um? Timão mais próximo de fechar com outro galático

por Agência Futebol Interior

Os comentários nos corredores do Timão é que a cúpula corintiana se reunirá nos próximos dias com o agente do meio-campista do Chelsea, nos próximos dias. A intenção é definir logo a situação, já que Deco revelou que voltará o Brasil.

São Paulo, SP, 15 (AFI) - O meia Deco (foto) deve ser o próximo galático a desembarcar no Parque São Jorge. Segundo informações do Painel FC da Folha de S. Paulo, na edição desta segunda-feira, o jogador tem grandes chances de acertar com o clube para agosto, quando abre-se a próxima janela de transferências internacionais.

Leia também:
TODOS RESULTADOS deste domingo pelo Brasil e pelo Mundo

Um dos grandes motivos para o luso-brasileiro querer voltar ao futebol tupiniquim é o fato de estar sendo pouco aproveitado pelo técnico Carlo Ancelotti. Foram 21 jogos em toda temporada, sendo que somente em dez jogos da Liga Inglesa ele começou como titular.O retorno ao Corinthians seria a grande oportunidade de Deco jogar em sua terra natal, no clube do coração e que o revelou para o mundo. O Timão foi o único time brazuca onde o jogador atuou como profissional, sendo que a passagem foi breve.

Mais de Deco!


Em 1997, ele foi vendido ao Benfica, onde sequer chegou a jogar. No mesmo ano, o meia acabou emprestado ao Alverca e, na temporada seguinte, ao Salgueiro. Foi atuando por estes dois clubes, que despertou interesse do Porto, em 1999.No Dragão, Deco viveu a melhor fase de sua carreira. Em mais de cinco anos, foram 154 jogos, com 32 gols. Além disso, conquistou três títulos portugueses (1998-99, 2002-03 e 2003-04), três Taças de Portugal (1999-00, 2000-01 e 2002-03), duas Supertaça de Portugal (2001-02 e 2003-04), uma Copa da Uefa (2002-03) e uma Liga dos Campeões (2003-04).



Tamanho destaque acabou lhe garantindo as primeiras convocações para a seleção portuguesa e a transferência para o poderoso Barcelona. Na Catalunha, foram mais duas Ligas Espanholas, duas Supercopa das Espanha e uma Liga dos Campeões.Após quase dois anos de Chelsea, Deco ainda conseguiu encontrar seu espaço. Principalmente, após a chegada de Ancelotti.