Campinense 2 x 0 ASA - Maranhenses decidem título inédito do Nordestão!

Com a conquista, o Campinense garantiu vaga na Copa Sul-Americana de 2014

por Agência Futebol Interior

Campina Grande, PB, 17 (AFI) – Com gols de Jeferson Maranhense e Ricardo Maranhão, o Campinense venceu o ASA na tarde deste domingo, por 2 a 0, no Estádio Estádio Ernani Sátyro, em Campina Grande, e ficou com o título inédito da Copa do Nordeste. O Placar Ao Vivo e a Rádio Futebol Interior acompanharam o confronto. A transmissão da Rádio Fi criou uma situação inédita no futebol brasileiro, com uma emissora do sul do Brasil dando uma posição imparcial sobre a decisão da competição nordestina.

Com a conquista, o Campinense garantiu vaga na Copa Sul-Americana do ano que vem. Já o ASA de Arapiraca, vice-campeão, agora mira o título do Campeonato Alagoano Chevrolet para não ficar sem título neste primeiro semestre.

Tanto ASA como Campinense nunca haviam conquistado a Copa do Nordeste. O maior vencedor é o Vitória, que ganhou cinco vezes. Em seguida aparecem Bahia (2), Sport (2) e América-RN (1).

Movimentado
O primeiro tempo foi movimentado e com os dois times criando situações de gol. Em vantagem por ter vencido o jogo em Arapiraca, o Campinense era cauteloso, mas nem por isso deixa de apostar na velocidade e técnica de jogadores como Zé Paulo e Bismarck. Já o ASA, optou por ficar com a posse de bola para aos poucos aproximar-se da área e marcar para ainda sonhar com o título.

Empurrado por sua torcida, o Campinense foi quem quase abriu o placar. Aos 14 minutos, Zé Paulo driblou Edson Veneno e chutou forte; o goleiro Gilson fez o famoso gol de vista e viu a bola ir para a linha de fundo. Com o jogo lá e cá, a resposta do ASA veio dois minutos depois, quando Wanderson fez jogada individual e chutou rasteiro, nas mãos do goleiro Pantera.

Outro detalhe é que tanto Campinense como ASA abusaram das faltas e deixaram o confronto truncado. Após um período “morno”, o ASA voltou a atacar aos 31 minutos. Chiquinho cruzou do lado esquerdo e encontrou Thalisson na área; ele cabeceou e a zaga conseguiu afastar. Antes do intervalo, Bismarck quase deixou o Campinense na frente do placar, mas finalizou para fora.

Raposa campeã
Na volta do intervalo o Campinense continuou apostando nos contra-ataques para ficar com o título. E a receita deu certo. Logo há um minuto, Zé Paulo cruzou bola na área e encontrou Jeferson Maranhense, que de cabeça fez 1 a 0. O gol foi sentido pelo time alagoano, que “atordoado” em campo, quase viu o rival marcar o segundo em finalização de Zé Paulo.

A situação do ASA, que já era ruim, piorou aos 24 minutos, quando Fabiano foi expulso. O jogador acertou Glaybson por trás e, como já tinha amarelo, foi para o intervalo mais cedo. Animado em campo, o Campinense foi de vez para cima do ASA e novamente assutou: Aos 31, Glaybson cabeceou e Gilson defendeu.

Porém, aos 34 minutos Ricardo Maranhão deu números finais ao jogo. Danilo Portugal começou a jogada e tocou para Dedé; ele cruzou e o jogador não teve trabalho para completar para o fundo das redes.

Ficha Técnica

Fase
Final
Rodada
2ª rodada
Data
17/03/2013
Horário
16h00
Local
Estádio Ernani Sátyro, em - Campina Grande (PB) (PB)
Árbitro
Jailson Macedo Freitas (BA)

Assistentes
Thiago Gomes Brigido (CE) e Izac Marcio da Silva Oliveira (RN)

Campinense-PB
Pantera;
Tiago Granja, Anderson Rosa, Roberto Dias e Panda (Danilo Portugal);
Dedé, Edvânio, Glaydson e Bismarck (Ricardo Maranhão);
Zé Paulo (Andrezinho) e Jéfferson Maranhense.
Técnico: Oliveira Canindé
ASA-AL
Gilson;
Osmar (Kessi), Fabiano, Edson Veneno (Rafael Pedro) e Chiquinho;
Jorginho, Cal, Thalisson (Pedro Silva) e Didira;
Léo Gamalho e Wanderson.
Técnico: Leandro Campos
 
 
" />