Por Wilson Rocha: França bate Bélgica e está na final da Copa do Mundo

Após o término da partida, os personagens que estiveram em campo fizeram seus comentários sobre o duelo

por Agência Futebol Interior

  • A cobertura da Copa do Mundo é um oferecimento

Por WILSON ROCHA
Enviado Especial do FUTEBOL INTERIOR na Copa da Rússia

Campinas, SP, 11 (AFI) - A França venceu a Bélgica na última terça-feira pelo placar de 1 a 0 e se classificou para a grande final da Copa do Mundo da Rússia. Após o término da partida, os personagens que estiveram em campo fizeram seus comentários sobre o duelo.

LADO FRANCÊS
Começando pelo lado vencedor, o treinador francês, Didier Deschamps, concedeu entrevista coletiva e se disse muito satisfeito com o trabalho de seus jogadores.

“Não sei se foi nossa melhor partida, mas foi excelente. Giroud, Griezmann jogaram uma grande partida. Eles nos deram opções no meio de campo desde o começo. O time da Bélgica tem ótima qualidade técnica, mas a ideia era não dar nenhum espaço, porque se dá espaço, como vimos contra o Brasil, eles são muito bons, têm movimentos muito rápidos”.

França bate Bélgica e está na final da Copa do Mundo
França bate Bélgica e está na final da Copa do Mundo
“É realmente excepcional. Estou muito feliz. São jogadores jovens, mas com caráter. Enfrentamos uma grande equipe. Esse gol nos fez bem. Tivemos que trabalhar muito de forma defensiva. Poderíamos ter tido mais sucesso nos contra-ataques. Mas parabéns a meus jogadores. Vamos jogar a final”, completou.

Autor do gol e eleito o melhor em campo, o zagueiro Umtiti disse estar orgulhoso. “É muito orgulho. É verdade que trabalhamos muito, fizemos isso juntos. Fiz o gol, mas essa noite tivemos uma grande partida, de homens, e era o que era preciso. Fizemos isso honestamente. Estamos orgulhosos”.

Kyllian Mbappé, considerado por muitos o melhor jogador da Copa até o momento, mesmo com apenas 19 anos, disse que este é o momento mais bonito de sua curta carreira até o momento. “É o dia mais lindo da minha carreira, da minha existência, da minha vida futura! E espero que a final seja ainda mais bela. Não tem eu, não tem ele. Todos nós sonhamos com isso desde a infância. Não será fácil. Resta uma partida, e ainda não temos a taça. Temos o direito de acreditar. (...) É o sonho de uma vida inteira”.

LADO BELGA
No lado belga, o sentimento era, claro, de decepção, mas com uma pitada de revolta pela derrota para os bleus. O goleiro Courtois criticou muito a seleção vencedora e seu estilo de jogo.

“É uma partida frustrante. A França não jogou nada, eles jogaram para se defender atrás da bola. Eles jogaram no contra-ataque, com Mbappé e Griezmann, que são muito rápidos. É direito deles. Eles jogaram muito embaixo, e nós sempre tivemos problemas com isso, eles fizeram isso muito bem. Eu fiz algumas defesas, mas eles não tiveram grandes chances. Eles marcaram com um escanteio, é uma pena. Nós perdemos contra uma equipe que não é melhor que nós. Nós perdemos contra uma equipe que não jogou nada, que se defendeu. Contra o Uruguai, eles marcaram com uma falta e um erro do goleiro. É uma pena para o futebol que a Bélgica não tenha vencido”.

Eden Hazard, um dos principais nomes da seleção, disse em uma televisão belga que prefere perder com a Bélgica do que vencer “com essa França”. “Eu prefiro perder por 5 a 0 por ser ruim a viver esse cenário. Nós éramos melhores que a França, nós tínhamos a posse da bola. Os franceses são robustos e bem agrupados. Estou feliz com meus companheiros de equipe e orgulhoso do nosso desempenho, tentamos de tudo. Nós fizemos o jogo quase perfeito. A França é uma equipe vencedora. Como jogador de futebol, sempre queremos ganhar”.

O meio campista De Bruyne falou em decepção, mas disse estar orgulhoso. “Estou orgulhoso do que nosso time fez, e devemos estar felizes, mas um pouco desapontados, claro, e tentar o terceiro lugar no sábado. O terceiro lugar é possível. Ainda não aconteceu na Bélgica, então vamos tentar”.

 
 
  • A cobertura da Copa do Mundo é um oferecimento
" />