Membros da realeza iorubá, a que pertence Dele Alli, têm influência e privilégios

A Nigéria é uma república federal inspirada no modelo dos Estados Unidos, com o poder executivo exercido pelo presidente

por Agência Estado

  • A cobertura da Copa do Mundo é um oferecimento

São Paulo, SP, 10 - A etnia iorubá, a que pertence o meia inglês Dele Alli, constitui um dos maiores grupos da África Ocidental, com mais de 30 milhões de pessoas em toda a região. Trata-se do segundo maior conjunto étnico na Nigéria, correspondendo a cerca de 21% da sua população total. As outras etnias importantes são os hauçás e os igbos.

O jogador da Inglaterra vem de uma linhagem nobre dentro dos iorubás. De acordo com seu pai, o avô do craque foi rei da etnia. Por isso, ele teria direito ao trono e poderia ser príncipe se retornasse à Nigéria. Isso não significa que Dele Alli poderia ser líder político no país de seus antepassados.

A Nigéria é uma república federal inspirada no modelo dos Estados Unidos, com o poder executivo exercido pelo presidente. O poder dele é moderado por um Senado e por uma Câmara dos Representantes. Os membros da realeza, no entanto, têm grande influência nos destinos na nação e desfrutam de privilégios políticos.

Cerca de 75% dos homens são agricultores que vivem daquilo que cultivam. As mulheres são encarregadas de vender parte do excedente nos mercados populares das cidades. Alguns indivíduos possuem grandes fazendas de cacau. Nas cidades, os iorubás respeitam além das autoridades formais, o líder da tribo, que é chamado de "oba". Ele conquista a sua posição de várias formas incluindo herança, casamentos ou sendo pessoalmente selecionados por um "oba" já no poder. É aí que entra o craque da seleção inglesa: ele é descendente de um líder.

Membros da realeza iorubá, a que pertence Dele Alli, têm influência e privilégios
Membros da realeza iorubá, a que pertence Dele Alli, têm influência e privilégios
Devido ao tráfico de escravos entre os séculos 15 e 19, muitos traços da cultura, língua, música e demais costumes foram disseminados por extensas regiões do continente americano, com destaque para Brasil, Cuba, Trinidad e Tobago e Haiti. Boa parte da população negra no Brasil veio de terras iorubás. As principais influências estão na cultura, na culinária e também na religião. Os iorubás são os responsáveis pela chegada e disseminação do candomblé no País, além de outros cultos de menor expressão.

GIGANTE

Conhecida como "gigante da África" por causa de sua população, a maior do continente com 174 milhões de habitantes, e também pela economia cujo PIB de 500 bilhões de dólares ultrapassou o da África do Sul, a Nigéria foi colônia britânica nos séculos 19 e 20. O país tornou-se independente em 1960, mas mergulhou em uma guerra civil, vários anos depois. Desde então, alternaram-se governos civis democraticamente eleitos e ditaduras militares. As eleições presidenciais de 2011 foram as primeiras a serem realizadas de maneira razoavelmente livre e justa.

No futebol, a Nigéria ocupou posição de destaque nos anos 1990 quando derrotou Brasil e Argentina e conquistou a medalha de ouro nos Jogos Olímpicos de Atlanta, nos Estados Unidos, em 1996. Mesmo que Dele Alli não aceitasse assumir a sua posição na tribo, a Federação Nigeriana de Futebol tentou convencê-lo a defender o país nas categorias de base. Dele não aceitou os insistentes convites.

 
 
  • A cobertura da Copa do Mundo é um oferecimento
" />